Métodos Criativos

 

De

 

Estudo Bíblico

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

Métodos Criativos

De

Estudo Bíblico

 

 

 

Este curso é parte do INSTITUTO BÍBLICO TEMPO DE COLHEITA, um programa elaborado para equipar os crentes para uma efetiva colheita espiritual. O tema básico do treinamento é ensinar o que Jesus ensinou, aquilo que ao chamar pescadores, coletores de impostos, e etc., transformou-os em cristãos reprodutivos que alcançaram o mundo com o Evangelho em demonstração de poder.

 

Este manual é um simples curso dos diversos módulos do currículo que conduz os crentes da visualização através da depuração, multiplicação, organização e mobilização para alcançar o objetivo da evangelização.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Copyright 2002

 

© Harvestime International Network

 

© Instituto Bíblico Tempo de Colheita

 

 

Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta tradução e

manual pode ser reproduzida, estocada em qualquer tipo de sistema,

ou reproduzida, de qualquer forma ou por qualquer meio, seja eletrônico,

mecânico, fotocópia ou outro qualquer, sem a devida permissão por escrito de Harvestime International Institute ou de seu representante legal.


CONTEÚDO

 

 

Como Usar Este Manual, 4

Sugestões Para o Estudo Em Grupo, 4

Introdução, 6

Objetivos do Curso, 7

 

PARTE UM: O OBJETO DO ESTUDO

 

1. Introduzindo a Bíblia, 8

2. Os Livros da Bíblia, 20

3. As versões da Bíblia, 31

 

PARTE DOIS: A PREPARAÇÃO PARA O ESTUDO

 

4. Antes de Começar, 36

5. As Ferramentas do Estudo da Bíblia, 52

6. Os Princípios de Interpretação da Bíblia, 63

7. O Pano de Fundo da Bíblia, 78

8. Esboçar, Marcar e Fazer Gráficos, 84

 

PARTE TRÊS: O ESTUDO CRIATIVO DA BÍBLIA

 

9. Estudando a Bíblia Pela Bíblia, 97

10. Estudo Devocional da Bíblia, 104

11. Estudo de Livros, 115

12. Estudo de Capítulos, 121

13. Estudo de Parágrafos, 129

14. Estudo de Versículos, 133

15. Estudo de Palavras, 141

16. Estudo Tópico da Bíblia, 148

17. Estudo Biográfico, 162

18. O Método Teológico, 173

19. Estudando a Profecia Bíblica, 184

20. Estudando A Poesia da Bíblia, 195

21. O Método Tipológico, 206

 

Apêndice, 217

 

Respostas da Seção “Teste o Seu Conhecimento”, 228

 

 

 

COMO USAR ESTE MANUAL

 

FORMATO DO MANUAL

 

Cada lição consiste de:

 

Objetivos: Estes são os objetivos que você deve alcançar ao estudar o capítulo. Leia-o antes de começar a lição.

 

Versículo-Chave: Este versículo enfatiza o conceito principal do capítulo. Tente memorizá-o.

 

Conteúdo do Capítulo: Estude cada seção. Use sua Bíblia para procurar as referências bíblicas não transcritas no manual.

 

Teste o Seu Conhecimento: Faça este teste depois de você terminar de estudar o capítulo. Tente responder as questões sem usar sua Bíblia ou este manual.

 

Para Estudo Adicional: Esta é a seção final de cada capítulo. Ela estimula o estudo independente do aluno.

 

Exame Final: Se você está registrado neste curso para receber créditos e Diploma, você deverá solicitar um exame final ao término deste curso. Após a conclusão do exame, você deverá retorná-o a nós para receber os créditos que dar-lhe-ão direito ao Diploma e que também servirão para você avançar em seus estudos posteriormente.

 

 

SUGESTÕES PARA O ESTUDO EM GRUPO

 

PRIMEIRA REUNIÃO:

 

Abrindo: Abra com oração e apresentações. Conheça e matricule os estudantes.

 

Estabeleça os Procedimentos do Grupo: Determine quem conduzirá as reuniões, o horário, os lugares e as datas para as sessões.

 

Louvor e adoração: Convida presença do Espírito Santo em sua sessão de treinamento.

 

Distribua os Manuais aos Estudantes: Introduza o título do manual, o formato e os objetivos do curso proporcionados nas primeiras páginas do manual.

 

Faça a Primeira Tarefa: Os estudantes lerão os capítulos determinados e farão o teste para a próxima reunião. O número de capítulos que você ensinará em cada sessão dependerá do tamanho do capítulo, conteúdo e das habilidades de seu grupo.

 

A SEGUNDA E DEMAIS REUNIÕES:

 

Abrindo: Ore. Dê as boas-vindas e matricule a qualquer novo aluno e também dê o manual. Veja quem está presente ou ausente. Tenha um tempo de adoração e louvor.

 

Revisão: Apresente um breve resumo do que você ensinou na última reunião.

Lição: Discuta cada seção do capítulo usando os TÍTULOS EM LETRAS MAIÚSCULAS E EM NEGRITO como um esboço do ensinamento. Peça aos estudantes que façam perguntas ou comentários sobre o que eles têm estudado. Aplique a lição às vidas e ministérios de seus estudantes.

Teste: Reveja com os estudantes o teste que eles completaram. (Nota: Se você não quer que os estudantes tenham acesso às respostas, você pode tirar as páginas com as respostas que se encontram no final de cada manual).

 

Para Estudo Adicional: Você pode fazer estes projetos numa base individual ou em grupo.

 

Exame Final: Se o grupo está matriculado neste curso para os créditos e Diploma você recebeu um exame com este curso. Dê uma cópia para cada estudante e administre o exame na conclusão deste curso.

 

MATERIAL ADICIONAL NECESSÁRIO

 

Você necessitará apenas de um exemplar da Bíblia, preferencialmente a Nova Versa Internacional, mas outras versões também poderão ser usadas, embora isto talvez represente alguma pequena dificuldade para o aluno acompanhar os textos bíblicos deste curso.

 


Módulo: Delegação

 

  

INTRODUÇÃO

 

O profeta do Novo Testamento, João Batista, era conhecido como uma “voz que clama no deserto” porque ele proclamava a Palavra de Deus. Sua mensagem era vibrante, poderosa, e pertinente às necessidades espirituais de seu tempo.

 

Muitas pessoas hoje se tornaram ecos de verdades espirituais que eles ouviram daqueles ao redor deles. Eles não são uma voz através da qual Deus pode revelar Sua mensagem, porém é só um eco do que eles escutaram de outros. Eles estão como os profetas a respeito de quem Deus disse, “Portanto, eis que eu sou contra esses profetas, diz o SENHOR, que furtam as minhas palavras, cada um ao seu companheiro” (Jeremias 23.30).

 

Para falar as Palavras de Deus você deve saber primeiro o que Deus tem dito. O propósito deste curso é equipá-lo para entender a Palavra de Deus. Você precisará só deste manual, uma Bíblia, e a direção do Espírito Santo para aprender estes “Métodos Criativos de Estudo Bíblico”.

 

Um método é uma maneira organizada de alcançar algo. É um plano ordenado. Os métodos de estudo da Bíblia são um plano organizado para estudar a Palavra escrita de Deus. O vocábulo “criativo” significa “ter a habilidade de produzir o que é novo”. Este curso lhe ensina como estudar a Palavra de Deus por si mesmo. Você não teria que confiar na pesquisa de outros porque você poderá criar seus próprios estudos bíblicos baseados em seu estudo da Palavra escrita de Deus.

 

Ao aprender os métodos apropriados do estudo da Bíblia, você se tornará uma voz através da qual Deus poderá falar Suas verdades a um mundo espiritualmente faminto. Você não será somente um eco do que você tem ouvido de outros.

 

“Métodos Criativos de Estudo Bíblico” introduz a Bíblia como a Palavra escrita do Deus verdadeiro. Explica as divisões da Bíblia, versões, traduções e paráfrases. Primeiro, o curso o guia a descobrir o que a Bíblia ensina por si mesmo, então se explicam os métodos criativos e a você será dada a oportunidade de usar cada método discutido.

 

O curso também explica como fazer esboços, notas de estudo, marcar sua Bíblia para facilitar a consulta, e reduzir passagens extensas em gráficos simples. O curso o guia à interpretação e aplicação apropriadas da Palavra de Deus. Dirige a atenção ao maior Mestre de todos, o Espírito Santo. Se você seguir as diretrizes apresentadas, você experimentará um novo, criativo fluir de vida espiritual dentro de você.

Nenhum método de estudo da Bíblia pode substituir o ministério de instrução do Espírito Santo. Ele é a força espiritual que reveste um método com o poder criativo. Ele sussurra no espírito humano as verdades da Palavra de Deus que resultam em um novo fluir de vida espiritual.

 

O estudo de métodos não é um fim em si mesmo. Não é a meta final. Os métodos são somente um meio para alcançar o objetivo de estudar a Palavra de Deus. Não é suficiente aprender estes métodos. Você deve usar o que aprender para estudar a Palavra de Deus e aplicar as verdades dela em sua vida e ministério.

 

Ainda que você consiga completar as lições neste manual, na realidade, você nunca realmente completará este curso. Seu estudo da Palavra de Deus nunca concluído porque as suas verdades espirituais são tão ricas que nunca podem se esgotar.

 

Nota: Este curso ensina método de estudo da Bíblia, não o conteúdo da Bíblia. O Instituto Internacional Tempo de Colheita oferece outro curso intitulado “Estudo Básico da Bíblia”, que apresenta o pano de fundo geral da Bíblia, um esboço de cada livro, seu autor, tempo em que foi escrito, a quem foi escrito, propósito, versículo-chave, pessoas importantes, mapas, datas, e gráficos que resumem o conteúdo geral da Bíblia.

 

Devido à necessidade de uma introdução geral da Bíblia no Estudo Criativo e no Estudo Básico, os primeiros três capítulos destes cursos são idênticos enquanto o conteúdo restante difere.

  

OBJETIVOS DO CURSO

 

Ao concluir este curso você será capaz de:

 

   Explicar como a Bíblia se originou.

   Descobrir a organização da Bíblia nos Testamentos, divisões principais, e livros.

   Resumir a história básica e cronológica da Bíblia.

   Explicar a unidade e diversidade da Bíblia.

   Explicar como as diferentes versões da Bíblia se desenvolveram.

   Aplicar as regras para interpretação bíblica apropriada.

   Resumir o que a Bíblia ensina sobre si mesma.

   Identificar os pré-requisitos para o estudo da Bíblia.

   Criar esboços, gráficos, resumos, e sinais de texto para ajudá-lo a reter o conteúdo.

   Aplicar os métodos criativos a seu estudo da Palavra de Deus.

   Usar as ferramentas de estudo da Bíblia.

 


PARTE UM: O OBJETO DO ESTUDO

 

Capítulo Um

 

INTRODUZINDO A BÍBLIA

 

 OBJETIVOS:

 

Ao concluir este capítulo você será capaz de:

 

   Escrever o versículo chave de memória.

   Definir a palavra “Bíblia”.

   Definir a palavra “Escritura”.

   Explicar a origem da Bíblia.

   Identificar os propósitos principais da Bíblia.

   Identificar o Antigo e Novo Testamento como as duas divisões principais da Bíblia.

   Nomear as quatro divisões dos livros do Antigo Testamento.

   Explicar o que significa “a unidade e diversidade” da Bíblia.

   Identificar a pessoa sobre quem a revelação de ambos os testamentos está centrada.

 

 VERSÍCULOS-CHAVE:

 

“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra” (2 Timóteo 4.16-17).

 

 

INTRODUÇÃO

 

Este capítulo introduz a Bíblia que é a Palavra escrita do verdadeiro Deus. A Palavra “Bíblia” significa “livros”. A Bíblia é um volume que consiste em 66 livros separados. A palavra “Escritura” também é usada para referir-se à Palavra de Deus. Esta palavra vem de uma palavra latina que significa “escrito”. Quando a Palavra “Escritura” é usada com “E” maiúsculo significa os “escritos sagrados” ou as Sagradas Escrituras do verdadeiro Deus. A palavra “Bíblia” não aparece na Escritura. É uma palavra escolhida pelos homens como um título para a Palavra de Deus.

 

A ORIGEM DA BÍBLIA

 

A Bíblia é a Palavra escrita de Deus. Ele inspirou as palavras na Bíblia e usou aproximadamente 40 homens para escrever Suas palavras. Estes homens escreveram por um período de 1500 anos. A concordância perfeita entre outros escritores é uma prova de que eles foram todos guiados por somente um autor. Esse autor foi Deus. Alguns dos escritores escreveram exatamente o que Deus disse:

“Toma um rolo, um livro, e escreve nele todas as palavras que te falei contra Israel, contra Judá e contra todas as nações, desde o dia em que te falei, desde os dias de Josias até hoje” (Jeremias 36.2).

 

Outros escritores escreveram o que eles experimentaram do que Deus revelou acerca do futuro:

 

“Escreve, pois, as coisas que viste, e as que são, e as que hão de acontecer depois destas” (Apocalipse 1.19).

 

Todos os escritores escreveram sob a inspiração de Deus as palavras de Sua mensagem para nós.

 

O PROPÓSITO DA BÍBLIA

 

A própria Bíblia registra seu propósito principal:

 

“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça” (2 Tm 3.16-17).

 

As Escrituras devem ser usadas para ensinar a doutrina, reprovar e corrigir do mal, e ensinar a retidão. Elas lhe ajudarão a viver corretamente e o equiparão para trabalhar para Deus.

 

AS DIVISÕES PRINCIPAIS

 

A Bíblia é dividida em duas seções principais chamadas de Antigo Testamento e Novo Testamento. A palavra “testamento” significa aliança ou pacto. Um pacto é um acordo. O Antigo Testamento registra o pacto ou acordo original de Deus com o homem. O Novo Testamento registra o novo pacto feito por Deus através de Seu Filho, Jesus Cristo.

 

Qual foi o assunto destes dois acordos? Os dois envolveram restaurar o homem pecador para corrigir sua relação com Deus. Deus fez uma lei na qual o pecado só pode ser perdoado através do derramamento de sangue:

 

“Saulo, porém, mais e mais se fortalecia e confundia os judeus que moravam em Damasco, demonstrando que Jesus é o Cristo” (Atos 9.22).

 

Sob o acordo (aliança) de Deus no Antigo Testamento, os sacrifícios de sangue dos animais eram feitos pelo homem para obter o perdão dos pecados. Este era um símbolo do sacrifício de sangue que Jesus Cristo proporcionaria sob a nova aliança com Deus. Através do nascimento, vida, morte e ressurreição de Jesus, um sacrifício final para o pecado foi feito:

 

“Quando, porém, veio Cristo como sumo sacerdote dos bens já realizados, mediante o maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, quer dizer, não desta criação, não por meio de sangue de bodes e de bezerros, mas pelo seu próprio sangue, entrou no Santo dos Santos, uma vez por todas, tendo obtido eterna redenção. Portanto, se o sangue de bodes e de touros e a cinza de uma novilha, aspergidos sobre os contaminados, os santificam, quanto à purificação da carne, muito mais o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, a si mesmo se ofereceu sem mácula a Deus, purificará a nossa consciência de obras mortas, para servirmos ao Deus vivo! Por isso mesmo, ele é o Mediador da nova aliança, a fim de que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia sob a primeira aliança, recebam a promessa da eterna herança aqueles que têm sido chamados” (Hebreus 9.11-15).

 

Ambos os testamentos são a Palavra de Deus e nós devemos estudar os dois para entender a mensagem de Deus. Estes vocábulos - “antigo” e “novo” - se usam para distinguir entre a aliança de Deus com o homem antes e depois da morte de Jesus Cristo. Nós não menosprezamos o Antigo Testamento simplesmente porque se chama de “Antigo”.

 

DIVISÕES ADICIONAIS

 

A Bíblia também pode ser dividida em 66 livros. O Antigo Testamento tem 39 livros. O Novo Testamento contém 27 livros. Cada livro é dividido em capítulos e versículos. Ainda que conteúdo de cada livro seja a Palavra de Deus, a divisão em capítulos e versículos foi feita pelo homem com o propósito de tornar fácil de localizar passagens específicas. Seria muito difícil de encontrar uma passagem se os livros fossem todos em um só parágrafo extenso.

 

Aqui está um diagrama simples que mostra as divisões básicas da Bíblia:

 

A BÍBLIA

 

 

ANTIGO TESTAMENTO

NOVO TESTAMENTO

39 livros

27 livros

 

 

A UNIDADE DA BÍBLIA

 

Quando nós falamos da unidade da Bíblia, nós queremos dizer duas coisas:

 

UMA: A BÍBLIA ESTÁ UNIDA EM CONTEÚDO:

 

Ainda que a Bíblia foi escrita por muitos escritores durante muitos anos, não há nenhuma contradição nela. Um autor não contradiz nenhum dos outros.

 

A Bíblia inclui a discussão de centenas de assuntos polêmicos. (Um assunto polêmico é um cria opiniões diferentes quando mencionados). Todavia os escritores da Bíblia falaram sobre tais assuntos com harmonia deste o primeiro livro, Gênesis, até o último, Apocalipse. Isto foi possível porque ela realmente teve um só autor: Deus. Os escritores só registraram a mensagem sob a Sua direção e inspiração. Por esta razão, o conteúdo da Bíblia está unido.

 

DOIS: A BÍBLIA ESTÁ UNIDA EM UM TEMA:

 

Algumas pessoas pensam que a Bíblia é uma coleção de 66 livros separados em assuntos diferentes. Eles não compreendem que a Bíblia está unida por um tema principal. Do início ao fim, a Bíblia revela o propósito especial de Deus que se resume no livro de Efésios:

 

“Desvendando-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito que propusera em Cristo, de fazer convergir nele, na dispensação da plenitude dos tempos, todas as coisas, tanto as do céu, como as da terra; nele, digo, no qual fomos também feitos herança, predestinados segundo o propósito daquele que faz todas as coisas conforme o conselho da sua vontade” (EFésios 1.9-11).

 

A Bíblia revela o ministério do plano de Deus que é o tema unificador da Bíblia. É a revelação de Jesus Cristo como o Salvador da humanidade pecadora. Jesus explicou como o Antigo Testamento está centralizado Nele:

 

“A seguir, Jesus lhes disse: São estas as palavras que eu vos falei, estando ainda convosco: importava se cumprisse tudo o que de mim está escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos” (Lucas 24.44).

 

Com esta introdução, Jesus continuou e...

 

“Então, lhes abriu o entendimento para compreenderem as Escrituras” (Lucas 24.45).

 

Qual foi a chave que Jesus lhes deu para entender as Escrituras? O fato de que seu tema principal está focado Nele:

 

“E lhes disse: Assim está escrito que o Cristo havia de padecer e ressuscitar dentre os mortos no terceiro dia e que em seu nome se pregasse arrependimento para remissão de pecados a todas as nações, começando de Jerusalém” (Lucas 24.46-47).

 

Os Testamentos - Antigo e Novo - ambos conta a história de Jesus. O Antigo Testamento nos prepara para Sua vinda e o Novo Testamento diz como ela aconteceu. Isto une a Bíblia em um tema principal. As pessoas que esperavam a Jesus sob o Antigo Testamento foram salvas de seus pecados através da fé na promessa de Deus. Cada um que olha para trás, para o que foi cumprido em Jesus Cristo, é salvo da mesma maneira: através da fé no que aconteceu, assim como Deus prometeu.

 

A DIVERSIDADE DA BÍBLIA

 

Quando nós falamos da “diversidade” da Bíblia nós queremos dizer que a Bíblia tem variedade. A Bíblia registra as maneiras diferentes nas quais Deus tratou com as pessoas e as diferentes maneiras nas quais elas responderam a Ele.

 

A Bíblia foi escrita em atmosferas diferentes. Algumas porções expressam alegria enquanto outras refletem o sofrimento. A Bíblia inclui maneiras de escrever. Contém história, poesia, profecia, cartas, aventura, parábolas, milagres, e história de amor.

 

Devido a sua variedade, a Bíblia tem sido dividida adicionalmente em grupos de livros.

 

AS DIVISÕES DO ANTIGO TESTAMENTO

 

Os livros do Antigo Testamento são dividido em quatro grupos principais: Lei, História, Poesia e Profecia.

 

OS LIVROS DA LEI:

 

Há cinco livros da lei. Os nomes destes livros são:

 

Gênesis

Êxodo

Levítico

Número

Deuteronômio

 

Estes livros registram a criação feita por Deus do homem e do mundo, e a história primitiva do homem. Eles dizem como Deus levantou à nação de Israel como o povo através de quem Ele poderia revelar-se às nações do mundo.

 

Estes livros registram as leis de Deus. As partes mais conhecidas são os Dez Mandamentos (Êxodo 20.3-17), o maior de todos os mandamentos (Deuteronômio 6.5), e o segundo grande mandamento (Levítico 19.18).

 

Abra sua Bíblia e localize os livros da Lei no Antigo Testamento. Localize os três textos mencionados no parágrafo precedente e leia-os. Estes são exemplos das leis de Deus registradas nestes livros.

 

OS LIVROS DE HISTÓRIA:

 

Há 12 livros de história no Antigo Testamento. Os nomes dos livros de história são:

 

José

Juízes

Rute

1 e 2 Samuel

1 e 2 Reis

1 e 2 Crônicas

Esdras

Neemias

Ester

 

Localize estes livros em Sua Bíblia. Eles se encontram depois dos livros da lei. Os livros de história cobrem mil anos da história do povo de Deus, Israel. Naturalmente eles não dizem tudo o que aconteceu, porém eles registram os eventos principais e mostram ambos os resultados de cumprir e de ignorar a lei de Deus.

 

OS LIVROS DE POESIA:

 

Há cinco livros de poesia. Os nomes dos livros de poesia são:

 

Salmos

Provérbios

Eclesiastes

Cânticos dos Cânticos (ou Cantares de Salomão em algumas antigas versões da Bíblia).

 

Estes livros são livros de adoração do povo de Deus, Israel. Eles ainda são usados no culto pelos crentes de hoje. Vá ao Salmo 23 e leia-o. Este é um exemplo da bela poesia da adoração contida nestes livros.

 

OS LIVROS DE PROFECIA:

 

Os livros de profecia do Antigo Testamento são divididos em dois grupos que se chamam os livros dos Profetas Maiores e Menores. Isto não significa que os Profetas Maiores são mais importantes que os Profetas Menores. O título simplesmente é usado porque os Profetas Maiores são livros mais longos que os Profetas Menores. Há 17 livros de profecia no Antigo Testamento. Os nomes dos livros de profecia são:

 

Os Profetas Principais:

 

Isaías

Jeremias

Lamentações

Ezequiel

Daniel

 

Os Profetas Menores:

 

Oséias

Joel

Amós

Obadias

Jonas

Miquéias

Naum

Habacuque

Sofonias

Ageu

Zacarias

Malaquias

 

Estes livros são as mensagens proféticas de Deus a Seu povo sobre os eventos futuros. Muitas das profecias já se cumpriram, porém algumas permanecem para serem cumpridas no futuro. Encontre estes livros proféticos em sua Bíblia. Eles são os últimos livros no Antigo Testamento.

 

AS DIVISÕES DO NOVO TESTAMENTO

 

O Novo Testamento também tem sido dividido em quatro grupos: os Evangelhos, História, Cartas, e Profecia.

 

OS EVANGELHOS:

 

Há quatro livros nos Evangelhos. Os nomes destes livros são:

 

Mateus

Marcos

Lucas

João

 

Estes livros registram a vida, morte e ressurreição de Jesus. Seu propósito é levá-lo a crer que Ele é o Cristo, o Filho de Deus. Encontre os Evangelhos em sua Bíblia e então leia João 20.31 que declara este propósito.

 

O LIVRO DE HISTÓRIA:

 

Há um livro de história no Novo Testamento, o livro de Atos. Este livro conta como a Igreja começou e cumpriu a comissão de Cristo para estender o Evangelho por todos o mundo. Localize este livro em sua Bíblia.

 

AS CARTAS:

 

Há 21 cartas no Novo Testamento. Os nomes destas cartas são:

 

Romanos

1 e 2 Coríntios

Gálatas

Efésios

Filipenses

Colossenses

1 e 2 Tessalonicenses

1 e 2 Timóteo

Tito

Filemom

Hebreus

Tiago

1 e 2 Pedro

1, 2 e 3 João

Judas

 

As cartas são dirigidas a todos os crentes. Seu propósito é guiá-los na vida e ajudá-los a fazer o que Jesus ordenou. Romanos 12 é um bom exemplo de seu ensino. Vá a este capítulo em sua Bíblia e leia-o. As cartas também são chamadas de “epístolas”, que significa “cartas”.

 

PROFECIA:

 

O Apocalipse é o único livro de profecia no Novo Testamento. Conta sobre a vitória final de Jesus e Seu povo. Seu propósito é animá-lo a continuar vivendo como um cristão deve viver até o fim dos tempos. Sua mensagem se resume em Apocalipse 2.10.

TESTE O SEU CONHECIMENTO

 

1. Escreva os versículos-chave de memória.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

2. O que significa a palavra “Bíblia?” ___________________________________

 

3. O que a palavra “Escritura” significa? ________________________________

 

4. Quais são as duas divisões principais da Bíblia?________________________ ________________________________________________________________

 

5. Quantos livros estão ali na Bíblia? ___________________________________

 

6. Cite os quatro grupos principais nos quais livros do Antigo Testamento são divididos:

________________________________________________________________________________________________________________________________

 

7. Cite os quatro grupos principais nos quais os livros do Novo Testamento são divididos:

________________________________________________________________________________________________________________________________

 

8. Qual é o significado da palavra “testamento”?

________________________________________________________________________________________________________________________________

 

9. Quais são os quatro propósitos principais da Bíblia? Dê uma referência da Bíblia para apoiar sua resposta.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

10. O que significa “a unidade da Bíblia?”

________________________________________________________________

 

11. O que significa “a diversidade da Bíblia?”

________________________________________________________________

 

12. Leia cada declaração. Se a declaração é VERDADEIRA coloque V no espaço em branco diante dela. Se a declaração é FALSA coloque F no espaço em branco.

a. _____ A Bíblia é a Palavra escrita do verdadeiro Deus.

b. _____ Ainda que Deus inspirou a Bíblia, Ele usou aos homens para escrever Suas palavras.

c. _____ Porque houve muitos escritores em um período de muitos anos, a Bíblia contém muitas contradições.

d. _____ Não há nenhum tema unificador da Bíblia. É simplesmente uma coleção de livros com assuntos diferentes.

e. _____ Os Profetas Maiores do Antigo Testamento são mais importantes que os Profetas Menores.

 

13. Quem é a pessoa sobre a qual a revelação de ambos os testamentos se centraliza? Dê a referência bíblica para apoiar a sua resposta.

________________________________________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PARA ESTUDO ADICIONAL

 

Os marcadores de livros na próxima página lhe ajudarão a aprender as divisões principais da Bíblia. Recorte os marcadores de livros nas linhas que os dividem e ponha-os em sua Bíblia. Se você tem dificuldade de localizar o lugar para inserir seus marcadores, use o índice no início de sua Bíblia. Ele lista os livros na ordem em que eles aparecem na Bíblia. Também proporciona o número da página onde cada livro começa.

 

O ANTIGO TESTAMENTO

 

Ponha o marcador de livros número 1 no início do livro de Gênesis.

Ponha o marcador de livros número 2 no início do livro de Josué.

Ponha o marcador de livros número 3 no início do livro de Jó.

Ponha o marcador de livros número 4 no início do livro de Isaías.

 

O NOVO TESTAMENTO

 

Ponha o marcador de livros número 5 no início do livro de Mateus.

Ponha o marcador de livros número 6 no início do livro de Atos.

Ponha o marcador de livros número 7 no início do livro de Romanos.

Ponha o marcador de livros número 8 no início do livro de Apocalipse.

 

Agora você tem localizado as divisões principais da Bíblia. Continue usando os marcadores de livros até que você possa nomear e localizar estas divisões de memória.

 

Os marcadores se encontram na página seguinte.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MARCADORES DE LIBROS

 

Recorte-os e ponha-os na sua Bíblia conforme indicado na página anterior.

 

ANTIGO TESTAMENTO

A LEI (1)

 

 

 

GÊNESIS

ÊXODO

LEVÍTICO

NÚMEROS

DEUTERONÔMIO

 

 

ANTIGO TESTAMENTO

HISTÓRIA (2)

 

 

 

JOSUÉ

JUIZES

RUTE

1 SAMUEL

2 SAMUEL

1 REIS

2 REIS

1 CRÔNICAS

2 CRÔNICAS

ESDRAS

NEEMIAS

ESTER

 

 

ANTIGO TESTAMENTO

POESIA (3)

 

 

 

SALMOS

PROVÉRBIOS

ECLESIASTES

CANTARES DE SALOMÃO

 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ANTIGO TESTAMENTO

A LEI (4)

 

PROFETAS MAIORES

 

ISAIAS

JEREMIAS

LAMENTAÇÕES

EZEQUIEL

DANIEL

 

 

PROFETAS MENORES

 

OSÉAS

JOEL

AMÓS

OBADIAS

JONAS

MIQUÉIAS

NAUM

HABACUQUE

HAGEO

ZACARÍAS

MALAQUÍAS

 

 

 

 

NOVO TESTAMENTO

EVANGELHOS (5)

 

 

MATEUS

MARCOS

LUCAS

JOÃO

 

NOVO TESTAMENTO

HISTÓRIA (6)

 

 

ATOS

 

 

NOVO TESTAMENTO

CARTAS (7)

 

 

ROMANOS

1 CORÍNTIOS

2 CORÍNTIOS

GÁLATAS

EFÉSIOS

FILIPENSES

COLOSSENSES

1 TESSALONICENSES

2 TESSALONICENSES

1 TIMÓTEO

2 TIMÓTEO

TITO

FILEMOM

HEBREUS

TIAGO

1 PEDRO

2 PEDRO

1 JOÃO

2 JUAN

3 JUAN

JUDAS

 

NOVO TESTAMENTO

EVANGELHOSS (8)

 

 

APOCALIPSE

 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Capítulo Dois

 

 

OS LIVROS DA BÍBLIA

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir este capítulo você será capaz de:

 

n  Escrever o Versículo Chave de memória.

n  Identificar o número de livros do Antigo Testamento.

n  Identificar o número de livros no Novo Testamento.

n  Explicar por quê é importante ter um plano sistemático para ler a Bíblia. 

n  Listar quatro sugestões para leitura da Bíblia com êxito.

 

VERSÍCULO CHAVE:

 

“Chegue o meu clamor diante de ti, oh Jeová, dá-me entendimento conforme a tua palavra” (Salmos 119:169).

 

INTRODUÇÃO

 

No capítulo anterior você aprendeu que a Bíblia é a Palavra escrita de Deus. Você aprendeu que ela é dividida em duas seções maiores chamadas Antigo Testamento e Novo Testamento. Você aprendeu as quatro divisões dos livro do Antigo Testamento:

 

n  A Lei

n  A História

n  A Poesia

n  A Profecia

 

Você também aprendeu as quatro divisões dos livros do Novo Testamento:

 

n  Os Evangelhos

n  A História

n  As Cartas

n  A Profecia

 

 

 

 

 

O seguinte gráfico resume o que você  tem aprendido ate agora sobre a Bíblia:

 

A BÍBLIA

 

 

A PALAVRA ESCRITA DE DEUS

 

 

66 LIVROS

AS DIVISÕES DO ANTIGO TESTAMENTO

AS DIVISÕES DO NOVO TESTAMENTO

A Lei

A História

A Poesia

A Profecia

Os Evangelhos

A História

As Cartas

A Profecia

 

 

Há neste capítulo um resumo de cada um dos 66 livros da Bíblia que constitui as divisões maiores do Antigo e Novo Testamento. É dada também uma introdução ao conteúdo de ambos os Testamentos. São dadas quatro sugestões para ser bem sucedido na leitura da Bíblia e você escolherá um plano sistemático para começar a leitura da Palavra de Deus.

 

OS LIVROS DO ANTIGO TESTAMENTO

(39 livros)

 

OS LIVROS DA LEI:

 

Gênesis: Registra o princípio do universo, do homem, o Sábado, matrimônio, pecado, sacrifício, nações, governo e homens chaves de Deus como Abraão, Isaque, Jacó e José.

 

Êxodo: Detalhes de como Israel se torna uma nação com Moisés como o líder.  Israel é libertado da escravidão no Egito e vai até o Sinai onde a lei de Deus foi dada. 

 

Levítico: Este livro era um manual de adoração para Israel. Nele há instrução aos líderes religiosos e explica como pessoas pecadoras se aproximam de um Deus justo. Prefigura a vinda de Jesus como o Cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo. 

 

Números: Registra os 40 anos de Israel peregrinando no deserto como um resultado da desobediência a Deus. O título do livro é enumerações ( os censo da população) tomadas durante a longa jornada.

 

Deuteronômio: Registra os últimos dias de vida de Moisés e repassa as leis dadas no Êxodo e Levítico.

 

OS LIVROS HISTÓRICOS

 

Josué: Detalhes como Josué, o sucessor de Moisés  levou o povo de Israel à Terra Prometida de Canaã. Registra as campanhas militares e a divisão da terra entre o povo. 

 

Juízes: Israel se distanciou de Deus depois da morte de Josué. Este livro registra a triste história de seus pecados repetidos e os juízes que Deus levantou ara livra-los das forças inimigas.  

 

Rute: A história de  Rute, mulher da nação gentia de Moabe que escolheu servir o Deus de Israel. Ela tornou a avó de Davi. 

 

1 Samuel: Este livro centraliza-se em três pessoas: Samuel que foi o último dos juízes de Israel, Saul, o primeiro rei de Israel e Davi que sucedeu a Saul como o rei. 

 

2 Samuel: Os gloriosos 40 anos do reino do rei Davi se registram neste livro.

 

1 Reis: O reino do rei Salomão e os reis do reino dividido até os reinos de Acabe no norte e Josafá no sul são os assuntos deste livro. 

 

2 Reis: A decadência final de Israel e Judá é registrada neste livro. O povo de Deus entrou no profundo pecado.

 

1 Crônicas: O reino  de Davi e as preparações para construir o templo são registrados aqui. A cronologia deste livro é igual a 2 Samuel.

 

2 Crônicas: Este livro continua a história de Israel  a través do reino de Salomão com enfoque no reino do sul. Ele encerra com o decreto de Ciro que permitiu o retorno das pessoas da Babilônia a Jerusalém. 

 

Esdras: O retorno dos judeus do cativeiro babilônico é detalhado.

 

Neemias: A reconstrução  dos muros de Jerusalém sob a liderança de Neemias é registrada neste livro. O projeto começou aproximadamente 14 anos depois do retorno de Esdras com as pessoas. 

 

Ester: A história dos judeus realizada por Deus através de Éster e Madoqueu é o assunto deste livro.

 

OS LIVROS POÉTICOS:

 

: Este livro é a história de Jó, um homem que viveu aproximadamente no tempo de Abraão. O tema do livro é a pergunta  “por que os homens sofrem?” 

 

Salmos: O livro de oração e louvor da Bíblia. 

 

Provérbios: A sabedoria divina para os problemas práticos da vida cotidiana. 

 

Eclesiastes: Uma discussão da vida fútil longe de Deus. 

 

Cantares De Salomão: O romance de Salomão e sua noiva, a Sulamita. A história apresenta o amor de Deus por Israel e de Cristo pela Igreja. 

 

OS LIVROS PROFÉTICOS:

 

Alguns destes livros foram escritos durante um período quando a nação de Israel estava dividida em dois reinos separados: Israel e Judá.

 

Isaias: Adverte do juízo vindouro contra Judá devido seu pecado contra Deus.

 

Jeremias: Escrito durante o declínio e queda final de Judá. Fala do juízo vindouro e da pronta redenção a Nabucodonosor. 

 

Lamentações: O  lamento de Jeremias (a expressão da dor) por causa da destruição de Jerusalém pela Babilônia. 

 

Ezequiel: Primeiro adverte da caída sem impedimento de Jerusalém e então prediz a sua restauração futura.

 

Daniel: O profeta Daniel foi capturado durante o início do cerco de Judá e levado a Babilônia. Este livro proporciona um ensino histórico e profético que é importante para a compreensão da profecia bíblica.

 

Oséias: O tema deste livro é a infidelidade de Israel, seu castigo e restauração por Deus.

 

Joel:  Conta as pragas que anunciavam o juízo futuro.

 

Amós: Durante um período de prosperidade material porem, de decadência moral, Amós advertiu Israel e as nações circundantes sobre o juízo futuro de Deus por causa do seu pecado.

 

Obadias: O juízo  de Deus contra Edom, uma nação maligna localizada ao sul do Mar Morto.

 

Jonas: A história do profeta Jonas que pregou o arrependimento em Nínive, a cidade capital do império Assírio. O livro revela o amor de Deus e Seu plano de arrependimento para os gentios.

 

Miquéias: Outra profecia contra o pecado de Israel. Prediz o lugar do nascimento de Jesus, 700 anos antes do evento acontecer.

Naum: Conta a destruição iminente  de Nínive que havia sido salva uns 15o anos antes através da pregação de Jonas.

                                                                 

Habacuque: Revela o plano de Deus para castigar uma nação pecadora por uma mais pecadora ainda. Ensina que “o justo viverá pela fé".

 

Zacarias: o Juízo e restauração de Judá.

 

Ageu: Exorta os judeus para reconstruir o templo depois de um atraso de 15 anos devido à resistência inimiga.

 

Zacarias: Posterior exortação para completar o templo e o compromisso espiritual. Prediz a primeira e segunda vinda de Cristo.

 

Malaquias: Adverte contra a pouca profundidade espiritual e prediz a vinda de João Batista e Jesus.

 

 

OS LIVROS DO NOVO TESTAMENTO

(27 livros)

 

OS EVANGELHOS:

 

Os quatro livros conhecido como os Evangelhos registram o nascimento, vida, ministério, ensino, morte e ressurreição de Jesus Cristo. O enfoque de cada livro difere:

 

Mateus: Dá ênfase a Jesus Cristo como o Rei e se dirige aos judeus.

 

Marcos: Dá ênfase a Jesus Cristo como o Servo de Deus e se dirige a todos os Romanos.

 

Lucas: Apresenta Jesus Cristo como o "Filho do Homem", o homem perfeito e Salvador dos homens imperfeitos..

 

João: Apresenta Jesus em Sua posição como o Filho de Deus.

 

O LIVRO DE HISTÓRIA:

 

Atos: O único livro de história do Novo Testamento registra o crescimento primitivo da Cristandade desde o tempo do retorno de Cristo ao Céu até o encarceramento de Paulo em Roma. O livro cobre aproximadamente 33 anos e dá ênfase à obra do Espírito Santo.

 

AS CARTAS:

 

Romanos: Uma apresentação do Evangelho que enfatiza a salvação exclusivamente pela fé.

 

1 Coríntios: Escrito para corrigir erros de conduta cristã na igreja local. 

 

2 Coríntios: Fala do verdadeiro ministério do Evangelho, mordomia e a autoridade apostólica 

 

Gálatas: Trata com o erro de mesclar lei e fé. O tema é exclusivamente a justificação pela fé.

 

Efésios: Anima aos crentes com respeito a sua posição em Cristo.

 

Filipenses: Dá ênfase a alegria da unidade cristã.

 

Colossenses: Trata com o erro do “Gnosticismo", um ensino falso que negava a Jesus como verdadeiro Filho de Deus e verdadeiro Filho do Homem. O livro também dá ênfase a Jesus como a cabeça da Igreja.

 

1 Tessalonicenses: Aconselha sobre o viver cristão e ênfases sobre o retorno de Jesus.

 

2 Tessalonicenses: Instrução extensa sobre o retorno do Senhor e como o conhecimento deste deve afetar a vida cotidiana.

 

1 Timóteo: Enfatiza a doutrina legítima, o governo ordenado da igreja e princípios para guiar a igreja pelos anos por vir.

 

2 Timóteo: Descreve o verdadeiro servo de Jesus Cristo. Também adverte sobre a apostasia (declive espiritual) que já havia começado. Apresenta a Palavra de Deus como o remédio para corrigir o erro.

 

Tito: a carta de Paulo a um jovem ministro por nome Tito que estava servindo a Deus nas Ilhas de Creta. Enfatiza-se a doutrina e uma vida piedosa.

 

Filemom: Intercessão de Paulo por um escravo fugitivo de um cristão rico de Colossos. Ilustra a intercessão de Jesus em nome dos crentes que uma vez foram escravos do pecado.

 

Hebreus: Explica a superioridade da Cristandade sobre o judaísmo. Apresenta Jesus como o Grande Sumo Sacerdote e o mediador entre Deus e Homem.

 

Tiago: Ensina que a verdadeira fé se evidencia pelas obras, embora a salvação é exclusivamente pela fé.

1 Pedro: Uma carta de consolo e estímulo aos crentes, especialmente aqueles sofrendo ataques espirituais de fora da igreja através dos incrédulos.

 

2 Pedro: Uma advertência  contra os ataques espirituais de dentro da igreja. Por exemplo, falsos mestres que já tinha se “infiltrado” na igreja.

 

1 João: Escrito para combater o Gnosticismo que negava a posição de Cristo como o Filho de Deus e Filho do Homem. O livro dá ênfase ao companheirismo e amor entre os crentes e assegura aos verdadeiros crentes sobre a vida eterna.

 

2 João: Adverte contra qualquer compromisso com o erro doutrinal e dá ênfase à verdade  e que o dever de guardar-se em amor.

 

3 João: Adverte do pecado de negar-se à comunhão com aqueles que são os verdadeiros crentes.

 

Judas: Outra advertência contra à apostasia, doutrina falsa. O tema é semelhante ao de 2 Pedro.

 

O LIVRO DE PROFECIA:

 

Apocalipse: Este livro profético conta dos eventos finais da história mundia. Conta sobre as coisas que eram, é e que estará no plano futuro de Deus. (Apocalipse 4:22).

 

A LEITURA EXITOSA DA BÍBLIA

 

Você aprenderá muito neste curso sobre como entender e interpretar a Bíblia. Você também aprenderá métodos criativos de estudo bíblico. Porém, o passo para entender a Bíblia é começar lê-la. Para ajuda-lo a começar a leitura da Palavra de Deus, nós temos o esboço de vários planos de leituras diferentes. Estes incluem um plano para aqueles que estão simplesmente iniciando seu estudo, bem como um plano para aqueles que estão mais avançados no estudo da Palavra de Deus. Primeiro, aqui estão quatro sugestões para a leitura da Bíblia com êxito:

 

1.  LEIA DIARIAMENTE:

 

“antes tem seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e noite” (Salmos 1:2).

 

Deus fez seu corpo físico para que você possa obter a comida diariamente para permanecer saudável. De uma maneira similar, seu espírito deve alimentar-se com a comida da Palavra de Deus se você deseja ser espiritualmente saudável

 

“...Está escrito: Nem só de pão viverá o homem” (Lucas 4:4).

2.  LEIA SELETIVAMENTE:

 

Comece lendo o "leite" da palavra. Estas são as verdades simples da Palavra de Deus.:

 

“desejai como meninos recém-nascidos, o puro leite espiritual, a fim de por ele crescerdes para a salvação” (1 Pedro 2:2).

 

Depois você amadurecerá espiritualmente até que você possa comer a "carne" da Palavra de Deus. Isto significa que você poderá entender os ensinos bíblico mais difíceis:

 

“mas o alimento sólido é para os adultos, os quais têm, pela prática, as faculdades exercitadas para discernir tanto o bem como o almas o alimento sólido é para os adultos, os quais têm, pela prática, as faculdades exercitadas para discernir tanto o bem como o mal” (Hebreus 5:13-14).

 

“Leite vos dei por alimento, e não comida sólida, porque não a podíeis suportar; nem ainda agora podeis” (1 Coríntios 3:2).

 

3.  LEIA COM ORAÇÃO:

 

“Porque Esdras tinha preparado o seu coração para buscar e cumprir a lei do Senhor, e para ensinar em Israel os seus estatutos e as suas ordenanças.etos” (Esdras 7:10).

 

Antes que você comece a ler, ore a Deus e peça-o que lhe ajude a entender a mensagem que ele lhe tem dado através de Sua Palavra escrita. Permita que sua oração seja como do Salmista Davi, que orou:

 

“Desvenda os meus olhos, para que eu veja as maravilhas da tua lei.” (Salmos 119:18).

 

4.  LEIA SISTEMATICAMENTE:

 

Algumas pessoas não entendem a Palavra de Deus porque elas não tem um plano sistemático para ler. Elas lêem um capítulo aqui e ali e não entendem como todos eles se encaixam. Isto é como ler umas páginas aqui e ali em um livro de texto sobre medicina e depois tentar estabelecer uma prática médica. A Bíblia nos diz para "Escrutinar as Escrituras" (João 5:39). Isto significa estuda-la cuidadosamente. A Bíblia é como um livro texto usado na escola. Você deve lê-lo de uma maneira ordenada se deseja entender seu contudo. Selecione um horário de leitura e comece lendo sua Bíblia diariamente.

 

 

PARA OS PRINCIPIANTES

 

Se você nunca lei a Bíblia antes, comece com o livro de João no Novo Testamento. Este livro foi escrito por um dos discípulos de Jesus Cristo chamado João. Ele conta a história  de Jesus de uma maneira simples que é fácil de entender.

 

Leia um capítulo em João cada dia na ordem em que eles se encontram em sua Bíblia. Use o seguinte gráfico para verificar cada capítulos que você tem lido. Marque no espaço diante do numero do capítulo.

 

O EVANGELHO DE JOÃO

 

_____1          _____5          _____9          _____13        _____17        _____ _____21

            _____2          _____6          _____10        _____14        _____18

            _____3          _____7          _____11        _____15        _____19

            _____4          _____8          _____12        _____16        _____20       

 

O PROGRAMA CURTO

 

O programa curto de ler a Bíblia foi desenhado para proporcionar um conhecimento básico da Bíblia através de porções selecionadas da Escritura. Leia as porções selecionadas na ordem em eu elas estão listadas. Use o gráfico para marcar cada porção quando você completar sua leitura.

 

O NOVO TESTAMENTO:

 

_____João               _____1 Tessalonicenses  _____Efésios

_____Marcos           _____1 Coríntios                _____2 Timóteo

_____Lucas             _____Romanos                  _____1 Pedro

_____Atos                _____Filemom                    _____1 João

_____Romanos       _____                                    _____Apocalipse 1-5; 19:6-22:21

 

O ANTIGO TESTAMENTO:

 

______Gênesis                                                      _____Amós

______Êxodo 1-20                                                _____Isaias 1-12

______Números 10:11-21:35                              _____Jeremias 1-25; 39-43

______Deuteronômio 1-2                                    _____Rute

______Josué 1-12; 22-24                                     _____Jonas

______Juízes  1-3                                                 _____Salmos 1-23

______1 Samuel 1-3, 9-10,1 3,15-18,31            _____Jó 1-14, 38-42

______2 Samuel 1                                                _____Provérbios 1-9

______1 Reis 1-2                                                   _____Daniel 1-6    

______Neemias                 

O PROGRMA MAIS LARGO

 

Este plano de leitura cobre a Bíblia em uma profundidade maior que o Programa Curto, porém não cobre a Bíblia inteira.

 

O NOVO TESTAMENTO:

 

_____Marcos                                   _____Filipenses

_____Mateus                                  _____Efésios

_____João                                       _____2 Timóteo

_____Lucas                                     _____Tito

_____Atos                                        _____1 Timóteo

_____1 Tessalonicenses              _____1 Pedro

_____2 Tessalonicenses              _____Hebreus

_____1 Coríntios                            _____Tiago

_____2 Coríntios                            _____1 João

_____Gálatas                                  _____2 João

_____Romanos                              _____3 João

_____Filemom                                _____Judas

_____Colossenses                        _____2 Pedro         

                                               _____Apocalipse 1-5 e  19:6-22:21

 

 

O ANTIGO TESTAMENTO:

 

_____Gênesis                                            _____Jeremias 1-25 y 30-33

_____Êxodo 1-24)                                      _____Naum

_____Levítico 1-6:7                                               _____Habacuque

_____Números 10:11-21:35                     _____Ezequiel 1-24 y 33-39

_____Deuteronômio 1-2 e 27-34            _____Obadias

_____Josué 1-12 e 22-24                         _____Lamentações

_____Juízes 1-12                                       _____Isaias 40-66

_____1 Samuel                                          _____Zacarias 1-8

_____2 Samuel                                          _____Malaquias

_____1 Reis                                                _____Joel

_____2 Reis                                                _____Rute

_____1 Crônicas                                        _____Jonas

_____2 Crônicas                                        _____Salmos

_____Esdras                                                           _____Jó

_____Neemias                                           _____Provérbios 1-9

_____Amós                                                 _____Cantares de Salomão

_____Oséias                                                           _____Eclesiastes

_____Miquéias                                           _____Ester

_____Isaias                                                 _____Daniel

_____Zacarias

 

O PROGRAMA COMPLETO

 

O programa completo para ler a Bíblia leva você através da Bíblia intiera em um ano.

 

Janeiro                                             Fevereiro

                                    

_____1. Gênesis 1-4                      _____1. Êxodo 14-17

_____2. Gênesis 3-5                      _____2. Êxodo 18-20

_____3. Gênesis 6-9                      _____3. Êxodo 21-24

_____4. Gênesis 10-11                 _____4. Êxodo 25-27

_____5. Gênesis 12-15                 _____5. Êxodo 28-31

_____6. Gênesis 16-19                 _____6. Êxodo 32-34

_____7. Gênesis 20-22                 _____7. Êxodo 35-37

_____8. Gênesis 23-26                 _____8. Êxodo 38-40

_____9. Gênesis 27-29                 _____9. Levítico 1-4

_____10. Gênesis 30-32               _____10. Levítico 5-7

_____11. Gênesis 33-36               _____11. Levítico 8-10

_____12. Gênesis 37-39               _____12. Levítico 11-13

_____13. Gênesis 40-42               _____13. Levítico 14-16

_____14. Gênesis 43-46               _____14. Levítico 17-19

_____15. Gênesis 47-50               _____15. Levítico 20-23

_____16. Jó 1-4                              _____16. Levítico 24-27

_____17. Jó ob 5-7                         _____17. Números 1-3

_____18. Jó 8-10                            _____18. Números 4-6

_____19. Jó 11-13                          _____19. Números 7-10

_____20. Jó  14-17                         _____20. Números 11-14

_____21. Jó  18-20                         _____21. Números 15-17

_____22. Jó  21-24                         _____22. Números 18-20

_____23. Jó  25-27                         _____23. Números 21-24

_____24. Jó  28-31                         _____24. Números 25-27

_____25. Jó  32-34                         _____25. Números 28-30

_____26. Jó  35-37                         _____26. Números 31-33

_____27. Jó  38-42                         _____27. Números 34-36

_____28. Êxodo 1-4                       _____28. Deuteronômio 1-3

_____29. Êxodo 5-7

_____30. Êxodo 8-10

_____31. Êxodo 11-13

 

 

 

 

 

 

 

 

Março                                                           Abril

 

_____1. Deuteronômio 4-6           _____1. 1 Samuel 21-24

_____2. Deuteronômio 7-9           _____2. 1 Samuel 25-28

_____3. Deuteronômio 10-12      _____3. 1 Samuel 29-31

_____4. Deuteronômio 13-16      _____4. 2 Samuel 1-4

_____5. Deuteronômio 17-19      _____5. 2 Samuel 5-8

_____6. Deuteronômio 20-22      _____6. 2 Samuel 9-12

_____7. Deuteronômio 23-25      _____7. 2 Samuel 13-15

_____8. Deuteronômio 26-28      _____8. 2 Samuel 16-18

_____9. Deuteronômio 29-31      _____9. 2 Samuel 19-21

_____10. Deuteronômio 32-34    _____10. 2 Samuel 22-24

_____11. Josué 1-3                                   _____11. Salmos 1-3

_____12. Josué 4-6                                   _____12. Salmos 4-6

_____13. Josué 7-9                                   _____13. Salmos 7-9

_____14. Josué 10-12                   _____14. Salmos 10-12

_____15. Josué 13-15                   _____15. Salmos 13-15

_____16. Josué 16-18                   _____16. Salmos 16-18

_____17. Josué 19-21                   _____17. Salmos 19-21

_____18. Josué 22-24                   _____18. Salmos 22-24

_____19. Juízes 1-4                       _____19. Salmos 25-27

_____20. Juízes 5-8                       _____20. Salmos 28-30

_____21. Juízes 9-12                    _____21. Salmos 31-33

_____22. Juízes 13-15                  _____22. Salmos 34-36

_____23. Juízes 16-18                  _____23. Salmos 37-39

_____24. Juízes 19-21                  _____24. Salmos 40-42

_____25. Rute 1-4                          _____25. Salmos 43-45

_____26. 1 Samuel 1-3                 _____26. Salmos 46-48

_____27. 1 Samuel 4-7                 _____27. Salmos 49-51

_____28. 1 Samuel 8-10               _____28. Salmos 52-54

_____29. 1 Samuel 11-13             _____29. Salmos 55-57

_____30. 1 Samuel 14-16             _____30. Salmos 58-60

_____31. 1 Samuel 17-20

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Maio                                                  Junho

 

_____1. Salmos 61-63                   _____1. Provérbios 1-3

_____2. Salmos 64-66                   _____2. Provérbios 4-7

_____3. Salmos 67-69                   _____3. Provérbios 8-11

_____4. Salmos 70-72                   _____4. Provérbios 12-14

_____5. Salmos 73-75                   _____5. Provérbios 15-18

_____6. Salmos 76-78                   _____6. Provérbios 19-21

_____7. Salmos 79-81                   _____7. Provérbios 22-24

_____8. Salmos 82-84                   _____8. Provérbios 25-28

_____9. Salmos 85-87                   _____9. Provérbios 29-31

_____10. Salmos 88-90                _____10. Eclesiastes 1-3

_____11. Salmos 91-93                _____11. Eclesiastes 4-6

_____12. Salmos 94-96                _____12. Eclesiastes 7-9

_____13. Salmos 97-99                _____13. Eclesiastes 10-12

_____14. Salmos 100-102                        _____14. Cantares 1-4

_____15. Salmos 103-105                        _____15. Cantares 5-8

_____16. Salmos 106-108                        _____16. 1 Reis 5-7

_____17. Salmos 109-111                        _____17. 1 Reis 8-10

_____18. Salmos 112-114                        _____18. 1 Reis 11-13

_____19. Salmos 115-118                        _____19. 1 Reis 14-16

_____20. Salmos 119                    _____20. 1 Reis 17-19

_____21. Salmos 120-123                        _____21. 1 Reis 20-22

_____22. Salmos 124-126                        _____22. 2 Reis 1-3

_____23. Salmos 127-129                        _____23. 2 Reis 4-6

_____24. Salmos 130-132                        _____24. 2 Reis 7-10

_____25. Salmos 133-135                        _____25. 2 Reis 11-14:20

_____26. Salmos 136-138                        _____26. Joel 1-3

_____27. Salmos 139-141                        _____27. 2 Reis 14:21-25; Jonas 1-4

_____28. Salmos 142-144                        _____28. 2 Reis 14:26-29; Amós 1-3

_____29. Salmos 145-147                        _____29. Amós 4-6

_____30. Salmos 148-150                        _____30. Amós 7-9

_____31. 1 Reis 1-4

                   

 

           

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Julho                                                Agosto

 

_____1. 2 Reis 15-17                     _____1. 2 Reis 20-21

_____2. Oséias 1-4                        _____2. Zacarias 1-3

_____3. Oséias 5-7                        _____3. Habacuque 1-3

_____4. Oséias 8-10                      _____4. 2 Reis 22-25

_____5. Oséias 11-14                    _____5. Obadias - Jeremias 1-2

_____6. 2 Reis 18-19                     _____6. Jeremias 3-5

_____7. Isaias 1-3                          _____7. Jeremias 6-8

_____8. Isaias 4-6                          _____8. Jeremias 9-12

_____9. Isaias 7-9                          _____9. Jeremias 13-16

_____10. Isaias 10-12                   _____10. Jeremias 17-20

_____11. Isaias 13-15                   _____11. Jeremias 21-23

_____12. Isaias 16-18                   _____12. Jeremias 24-26

_____13. Isaias 19-21                   _____13. Jeremias 27-29

_____14. Isaias 22-24                   _____14. Jeremias 30-32

_____15. Isaias 25-27                   _____15. Jeremias 33-36

_____16. Isaias 28-30                   _____16. Jeremias 37-39

_____17. Isaias 31-33                   _____17. Jeremias 40-42

_____18. Isaias 34-36                   _____18. Jeremias 43-46

_____19. Isaias 37-39                   _____19. Jeremias 47-49

_____20. Isaias 40-42                   _____20. Jeremias 50-52

_____21. Isaias 43-45                   _____21. Lamentações 1-5

_____22. Isaias 46-48                   _____22. 1 Crônicas 1-3

_____23. Isaias 49-51                   _____23. 1 Crônicas 4-6

_____24. Isaias 52-54                   _____24. 1 Crônicas 7-9

_____25. Isaias 55-57                   _____25. 1 Crônicas 10-13

_____26. Isaias 58-60                   _____26. 1 Crônicas 14-16

_____27. Isaias 61-63                   _____27. 1 Crônicas 17-19

_____28. Isaias 64-66                   _____28. 1 Crônicas 20-23

_____29. Miquéias 1-4                  _____29. 1 Crônicas 24-26

_____30. Miquéias 5-7                  _____30. 1 Crônicas 27-29

_____31. Naum 1-3                                   _____31. 2 Crônicas 1-3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Setembro                                                    Outubro

 

_____1. 2 Crônicas 4-6                 _____1. Ester 4-7

_____2. 2 Crônicas 7-9                 _____2. Ester 8-10

_____3. 2 Crônicas 10-13             _____3. Esdras 1-4

_____4. 2 Crônicas 14-16             _____4. Ageu 1-2 – Zacarias 1-2

_____5. 2 Crônicas 17-19             _____5. Zacarias 1-2

_____6. 2 Crônicas 20-22             _____6. Zacarias 3-6

_____7. 2 Crônicas 23-25             _____7. Zacarias 7-10

_____8. 2 Crônicas 26-29             _____8. Esdras 5-7

_____9. 2 Crônicas 30-32             _____9. Esdras 8-10

_____10. 2 Crônicas 33-36          _____10. Neemias 1-3 

_____11. Ezequiel 1-3                  _____11. Neemias 4-6

_____12. Ezequiel 4-7                  _____12. Neemias 7-9

_____13. Ezequiel 8-11                _____13. Neemias 10-13

_____14. Ezequiel 12-14              _____14. Malaquias 1-4

_____15. Ezequiel 15-18              _____15. Mateus 1-4

_____16. Ezequiel 19-21              _____16. Mateus 5-7

_____17. Ezequiel 22-24              _____17. Mateus 8-11

_____18. Ezequiel 25-27              _____18. Mateus 12-15

_____19. Ezequiel 28-30              _____19. Mateus 16-19

_____20. Ezequiel 31-33              _____20. Mateus 20-22

_____21. Ezequiel 34-36              _____21. Mateus 23-25

_____22. Ezequiel 37-39              _____22. Mateus 26-28

_____23. Ezequiel 40-42              _____23. Marcos l-3

_____24. Ezequiel 43-45              _____24. Marcos 4-6

_____25. Ezequiel 46-48              _____25. Marcos 7-10

_____26. Daniel 1-3                      _____26. Marcos 11-13

_____27. Daniel 4-6                      _____27. Marcos 14-16

_____28. Daniel 7-9                      _____28. Lucas 1-3

_____29. Daniel 10-12                  _____29. Lucas 4-6

_____30. Ester 1-3                         _____30. Lucas 7-9

                                                           _____31. Lucas 10-13

                                      

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Novembro                                       Dezembro

 

_____1. Lucas 14-17                     _____1. Romanos 5-8

_____2. Lucas 18-21                     _____2. Romanos 9-11

_____3. Lucas 22-24                     _____3. Romanos 12-16

_____4. João 1-3                            _____4. Atos  20:3-22

_____5. João  4-6                           _____5. Atos  23-25

_____6. João  7-10                         _____6. Atos 26-28

_____7. João  11-13                      _____7. Efésios 1-3

_____8. João  14-17                      _____8. Efésios 4-6

_____9. João  18-21                      _____9. Filipenses 1-4

_____10. Atos 1-2                          _____10. Colossenses 1-4

_____11. Atos 3-5                          _____11. Hebreus 1-4

_____12. Atos 6-9                          _____12. Hebreus 5-7

_____13. Atos 10-12                      _____13. Hebreus 8-10

_____14. Atos 13-14                      _____14. Hebreus 11-13

_____15. Tiago 1-2                        _____15. Filemon - 1 Pedro 1-2

_____16. Tiago 3-5                        _____16. 1 Pedro 3-5

_____17. Gálatas                           _____17. 2 Pedro 1-3

_____18. Gálatas 4-6                     _____18. 1 Timóteo l-3

_____19. Atos 15-18:11                _____19. 1 Timóteo 4-6

_____20. 1 Tessalonicenses 1-5 _____20. Tito 1-3

_____21. 2 Tessalonicenses 1-3 _____21. 2 Timóteo 1-4

_____22. 1 Coríntios 1-4               _____22. 1 João 1-2; Atos 18:12-19:10

_____23. 1 João 3-5                      _____23. 1 Coríntios 5-8

_____24. 2 João, 2 João               _____24. 1 Coríntios 9-12

_____25. Apocalipse 1-3, Judas _____25. 1 Coríntios 13-16

_____26. Apocalipse 4-6              _____26. Atos 19:11-20:1; II Coríntios 1-3

_____27. Apocalipse 7-9              _____27. 2 Coríntios 4-6

_____28. Apocalipse 10-12          _____28. 2 Coríntios 7-9

_____29. Apocalipse 13-15          _____29. 2 Coríntios 10-13

_____30. Apocalipse 16-18          _____30. Atos 20:2 - Romanos 1-4

_____31. Apocalipse 19-22

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                                     PROVA PESSOAL

 

1. Escreva o  Versículo Chave de memória.

________________________________________________________________

 

________________________________________________________________

 

________________________________________________________________

 

2. Quantos livros tem no Antigo Testamento?

________________________________________________________________

 

3. Quantos livros tem no Novo Testamento?

________________________________________________________________

 

4. Por que é importante ter um plano sistemático para ler a Bíblia?

________________________________________________________________

 

________________________________________________________________

 

________________________________________________________________

 

5. Quais foram as quatro sugestões para leitura da Bíblia com êxito?

________________________________________________________________

 

________________________________________________________________

 

________________________________________________________________

 

________________________________________________________________

 

________________________________________________________________

 

________________________________________________________________

 

________________________________________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PARA ESTUDO ADICIONAL

 

n  Repasse as descrições da cada livro da Bíblia dadas neste capítulo.

n  Escreva o nome de cada livro da Bíblia abaixo.

n  Pelo nome de cada livro, resuma seu conteúdo básico em três ou quatro palavras.

n  Os primeiros dois foram feitos como exemplo para você seguir.          

(Condensando o material desta maneira, você poderá desenvolver um conhecimento geral do contudo da Bíblia inteira).

 

O nome do Livro

Conteúdo

Gênesis

O livro dos começos

Êxodo

Saída do Egito

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Capítulo Três

 

AS VERSÕES DA BÍBLIA

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir este capítulo você será capaz de:

 

n  Escrever o Versículo Cave de memória.

n  Nomear os três idiomas em que a Bíblia foi escrita.

n  Definir a palavra  "versão."

n  Explicar a diferença entre uma tradução e uma paráfrase de uma versão da Bíblia.

 

VERSÍCULO CHAVE:

 

“O Senhor proclama a palavra; grande é a companhia dos que anunciam as Boas Novas.” (Salmos 68:11).

 

INTRODUÇÃO

 

Este capítulo identifica os idiomas originais em que a Bíblia foi escrita e explica como as Escrituras tem sido traduzida em outros idiomas. Você aprenderá a diferença entre uma tradução e uma paráfrase de uma versão da Bíblia. São proporcionados exemplos de várias versões da Bíblia.

 

TRÊS IDIOMAS

 

A Bíblia foi originalmente escrita em três idiomas. A maioria do Antigo
Testamento foi escrito em Hebraico, salvo algumas partes dos livros de Daniel e Neemias que foram escritas no aramaico. O Novo Testamento foi escrito em grego. 

 

Nenhum dos manuscritos originais da Bíblia existe. Alguns bons manuscritos que existem são copias do original. As versões são traduções desta cópias dos manuscritos originais. Desde o inicio os homens viram a necessidade de traduzir a Bíblia para que todos pudesse lê-la em seu próprio idioma. 

 

Nenhuma tradução é exata porque nenhum dos idiomas é precisamente igual. Algumas palavras usadas na Bíblia nem se quer existem nos diferentes idiomas. Há uma tribo de índios por exemplo, no Equador, América do Sul, chamada de Índios Aucas. Quando os missionários avistaram-nos pela primeira vez, estes índios na sabiam como ler ou escrever. Não havia nenhuma palavra em seu idioma para ”escrever”o “livro."

 

Os índios Aucas tinham um costume de talhar marcas de identificação em sua propriedade. Como não havia nenhuma palavra em seu idioma para Escrituras, Escritura, ou Livro, quando a Bíblia foi traduzida para eles, ela foi chamada “O Talhar de Deus”. Isto a identificava como algo que pertencia a Deus. Este é simplesmente um exemplo das dificuldades de traduzir a Bíblia nos idiomas.

 

AS TRAUÇÕES E PARÁFRASES

 

Há muitas versões diferentes da Bíblia. A palavra “versão” significa uma Bíblia escrita no idioma diferente daqueles em que a Palavra de Deus foi originalmente escrita. Há dois tipos principais de versões da Bíblia: as Traduções e as Paráfrases.

 

A TRADUÇÃO

 

Uma tradução é um esforço para expressar o que o grego, hebraico e as palavras aramaicas realmente dizem. Ela dá tanto quanto é possível uma tradução literal de palavra por palavra. Só se inserem palavras extras quando é necessário para que o leitor entenda o significado.

 

A PARÁFRASE:

 

Uma paráfrase não tenta traduzir palavra por palavra. Ela traduz pensamento pelo pensamento. Uma paráfrase é uma nova formulação do significado de uma passagem. As paráfrases de versões são mais fáceis de ler e entender porque elas são escritas no vocabulário e gramática modernos, porem eles são uma tradução exata da Palavra de Deus. 

 

Na seção  "Para Estudo Adicional" deste capitulo há exemplos de várias versões inglesas para você comparar. Estas ilustram as diferenças entre traduções e paráfrases das versões.

 

SELECIONANDO UMA BÍBLIA DE ESTUDO 

 

Em geral, para os propósitos deste curso e estudo da Bíblia, nós recomendamos o uso da versão João Ferreira de Almeida [1]. Há várias razões para isto:

 

PRIMEIRO:

 

A versão João  Ferreira de Almeida é bem exata e uma tradução boa para o estudo sério. Uma paráfrase não contem a tradução exata palavra por palavra das Escrituras. 

SEGUNDO:

 

Há mais ferramentas disponíveis para o estudo na versão João Ferreira de Almeida. Há um bom número de concordâncias, dicionários, e comentários escritos para o texto de João Ferreira de Almeida.

 

TERCEIRO:

 

A versão João Ferreira de Almeida é a mais popular na Língua Portuguesa. Desde que o Instituto Internacional Tempo de Colheita usa os cursos  em língua portuguesa, nós selecionamos esta versão da Bíblia porque está disponível em muitos países.

 

Se você lê em inglês porem tem um vocabulário limitado, pode estar interessado em obter a "Bible in Basic English” (A Bíblia em Inglês Básico). Ela contem o Antigo e Novo Testamento escrito em inglês usando somente 1.000 palavras do vocabulário básico. Escreva a Cambridge University Press, New York, NY, EE.UU. para obter informações adicionais.

 

AS EDICOES COM LETRAS VERMELHAS

 

Várias versões da Bíblia vem com o se chama “edições com letras vermelhas”. Nas edições da Bíblica com letras vermelhas, as palavras de Jesus estão impressas em vermelho. A do texto da Bíblia está impresso em preto. 

 

Se uma edição com letra vermelha da versão  Ferreira de Almeida está disponível no idioma português, nós sugerimos que você obtenha.  O que Jesus ensinou é um dos enfoques maiores do treinamento do Instituto Internacional Tempo de Colheita e uma edição com letras vermelha dá ênfase a Seus ensinos.

 

UM RESUMO

 

O seguinte gráfico resume como as várias versões da Bíblia se desenvolveram.

 

A Bíblia:

Inspirada Por Deus

 

 

Revelada aos santos varies que escreveram as Palavras de Deus em grego, hebraico e aramaico

 

 

Interpretada em vários idiomas

Resultando em

 

 

Traduções exatas e Paráfrases de Versões da Bíblia

 

PROVA PESSOAL

 

1.    Escreva o Versículo Chave de memória.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

2. O que significa a palavra “Versão”?

________________________________________________________________

 

2.    Qual é a diferença entre uma tradução e uma paráfrase de uma versão da Bíblia?

________________________________________________________________________________________________________________________________

 

4. Que versão da Bíblia se usa neste curso?

________________________________________________________________

 

5. Por que nenhuma tradução da Bíblia é exata?

________________________________________________________________________________________________________________________________

 

6. Quais são os três idiomas em que a Bíblia foi originalmente escrita?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

PARA ESTUDO ADICIONAL

 

Selecionamos o texto de João 3:16 para ilustrar a diferença entre as versões diferentes da Bíblia. As versões listadas são as versões em inglês mais populares da Bíblia.

 

King James Version: Porque Deus amou o mundo que Ele deu seu único filho para quer que nele creia não pereça porém tenha a vida eterna.

 

New King James Version: Porque Deus tanto amou o mundo que ele deu Seu único Filho, para que quem quer que creia nEle não pereça, porem, tenha a vida eterna.

 

Revised Standard Version: Porque Deus tanto amou o mundo que Ele deu a Seu único filho para que quem queira crer nEle não pereça, porém, deve ter a vida eterna.

 

Living Bible: Porque Deus o mundo amou tanto que Ele deu Seu único filho para que qualquer que creia nEle não pereça porem tenha a vida eterna.

 

New American Standard Bible: Porque Deus amou o mundo Ele deu a Seu único Filho para quem queira crer Nele não pereça, porem deve ter a vida eterna.

 

New English Bible: Deus amou o mundo tanto que Ele deu a Seu único Filho para que todos que temos a fé Nele não morramos porém podemos ter a vida eterna.

 

Amplified Versión: Porque Deus tão grandemente amou e amorosamente apreciou que Ele (inclusive) entregou Seu unigênito (único) Filho, para que quem quer que creia (confiar, agarrar, contar com) nEle não pereça – venha a destruição, se perca, porém terá a vida eterna (interminável).

 

Phillips: Porque Deus ao mundo amou tanto que Ele deu a Seu único Filho, para que todos que cremos nEle não devamos perder-nos, porem tenhamos a vida eterna.

 

Wurst: Porque de tal maneira Deus amou o mundo, de maneira que Seu Filho, o único, Ele deu, para que todos que colocamos nossa confiança nEle não possamos perecer, porém tenhamos a vida eterna. 

 

Moffat: Porque Deus ao mundo amou tão amorosamente que Ele entregou a Seu único Filho, para que todos que cremos nEle tenhamos a vida eterna em lugar de perecer.

 


PARTE DOIS: A PREPARAÇÃO PARA O ESTUDO

 

Capítulo Quatro

 

ANTES QUE VOCE COMECE

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir este capítulo você será capaz de:

 

n  Escrever o versículo Chave de memória

n  Identificar os pré-requisitos para o estudo eficaz da Bíblia.

n  Identificar os dois meios que Deus tem preparado para o estudo de sua Palavra

n  Reconhecer o ministério de ensino do Espírito Santo

n  Explicar a diferença entre o leite e a carne da Palavra de Deus.

n  Identificar três passos para mover-se do leite à carne da Palavra de Deus

n  Listar três sugestões práticas para estudar a Palavra de Deus.

 

VERSÍCULO CHAVE:

 

“ Quem é de Deus ouve as palavras de Deus; por isso vós não as ouvis, porque não sois de Deus.” (João 8:47).

 

 

INTRODUÇÃO

 

Muitas pessoas tentam começar o estudo da Bíblia da mesma maneira que elas estudam outro livro. Elas tomam sua Bíblia, a abrem e começam a ler. Porém, freqüentemente, seu estudo não pode perdurar por muito tempo. Elas acham difícil de entender  o que lêem. Elas não compreendem como a Bíblia se relaciona com o viver diário e inclusive podem pensar que é um livro bastante tedioso. A Bíblia explica que somente certas pessoas podem entender a Palavra de Deus. As pessoas falham no estudo da Bíblia porque elas não se preparam espiritualmente para estudar a Palavra de Deus.

 

A Bíblia é como uma porta que leva a presença de Deus. Por trás desta porta estão os grandes tesouros espirituais. Porém, você deve ter a chave para abrir a porta ou você nunca poderá entrar e explorar estes tesouros. A Bíblia revela como entender a Palavra de Deus. Proporciona a chave para abrir a porta a  compreensão espiritual.

 

OS PRÉ-REQUISITOS PARA O ESTUDO DA BÍBLIA

 

Um pré-requisito é algo que você deve fazer antes que possa fazer algo mais. A Bíblia é a Palavra de Deus. Não é como qualquer outro livro e você não pode estuda-la como você faz com outros livros. Há pré-requisitos – coisas que você deve fazer antes que possa começar – se você deseja entender as coisas espirituais profundas de Deus.

 

Se você quer entender a Bíblia, deve conhecer primeiro o Autor da Bíblia Jesus Cristo disse:

 

“Quem é de Deus ouve as palavras de Deus; por isso vós não as ouvis, porque não sois de Deus.”(João 8:47).

 

Você não pode entender a Palavras de Deus sem conhecer a Deus. Como você pode conhecer a Deus? Jesus disse a Nicodemos: que era um líder religioso na nação de Israel:

 

“Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus” (João 3:3).

 

Um homem pode ser educado, sábio, culto e inclusive religioso, porém, a compreensão das Escrituras estará oculta dele até que seus olhos espirituais sejam aberto para o novo nascimento.

 

Nicodemos perguntou a Jesus, "Como estas coisas podem ser? " Ele não entendeu o que Jesus quis dizer. Jesus respondeu e disse:

 

“Respondeu-lhe Jesus: Tu és mestre em Israel, e não entendes estas coisas??” (João 3:10).

 

Nicodemos era um líder religioso de Israel, todavia ele não sabia sobre como nascer de novo. De fato ele perguntou. . .

 

“Perguntou-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? porventura pode tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer?” (João 3:4).

 

Jesus explicou a Nicodemos que o novo nascimento que Ele estava falando era um nascimento espiritual. Esta experiência do novo nascimento vem através da fé em Jesus Cristo. Você deve confessar que é um pecador. Você deve crer que Jesus morreu por seus pecados, pedir-lhe o perdão por seus pecados e o aceitar como seu Salvador pessoal.

 

A pessoa que não é nascida de novo não pode receber a verdade da Palavra de Deus.

 

“Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque para ele são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente” (1 Coríntios 2:14).

 

O homem não salvo pode admirar a Bíblia pela sua beleza literária e valor. Ele pode estuda-la historicamente ou geograficamente. Porém, as verdades espirituais da Palavra de Deus permanecerão ocultas até que ele receba o perdão dos pecados:

 

Porque a palavra da cruz é deveras loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus” (1 Coríntios 1:18).

 

A PROVISÃO DE DEUS

 

A partir do momento que você aceita a Jesus como seu Salvador e experimenta o novo nascimento espiritual, sua mente começa a entender as verdades espirituais da Palavra de Deus. Assim como um bebê recém nascido no mundo natural necessita da nutrição física da comida, uma pessoa que renasce, necessita da nutrição espiritual. A comida para este crescimento e o desenvolvimento espiritual é a Palavra de Deus. Há meios que Deus tem proporcionado para ajudar-lhe a estudar Sua Palavra:

 

MESTRES

 

Deus escolhe certos crentes como líderes na Igreja. Uma das posições de liderança especial é ser um mestre da Palavra de Deus:

 

“E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro mestres, depois operadores de milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.” (1 Coríntios 12:28).

 

“E ele deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como evangelistas, e outros como pastores e mestres, tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, à medida da estatura da plenitude de Cristo;” (Efésios 4:11-13).

 

Deus proporciona mestre para explicar-lhe a Palavra de Deus e guia-lo à maturidade espiritual.

MESTRE ESPECIAL:

 

Deus tem um segundo meio para você aprender Sua Palavra. Ele o ordena que estude por si mesmo:

 

“Procura apresentar-te diante de Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.” (2 Timóteo 2:15).

 

Deus tem proporcionado um Mestre especial para  ajuda-lo quando você estuda Sua Palavra. Quando Jesus estava vivendo na terra, Ele ensinou as verdade de Deus pessoalmente a Seus seguidores. Porém, Jesus sabia que depois de Sua morte e ressurreição Ele voltaria ao Céu, então Ele deixou para Seus seguidores um Mestre especial seria enviado para ajuda-los a entender a Palavra de Deus. Esse Mestre é o Espírito Santo:

 

“Mas o Ajudador, o Espírito Santo a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto eu vos tenho dito.” (João 14:26).

 

“Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras.(João 16:13).

 

A vinda do Espírito Santo se registra em Atos capítulo 2. Leia este capítulo na sua Bíblia. Deus quer que você experimente este mesmo encher do Espírito Santo. Através do Espírito Santo você recebe uma habilidade especial de Deus para entender Sua Palavra:

 

“ E quanto a vós, a unção que dele recebestes fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina a respeito de todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como vos ensinou ela, assim nele permanecei.(1 João 2:27).

 

O Espírito Santo é um poder criativo. Foi o Espírito Santo de Deus que soprou no homem  o sopro de vida (Gênesis 2.7). Foi esse mesmo Espírito que levantou a Jesus dos mortos. (Romanos 8:11). É esse poder criador do Espírito Santo que toma o estudo ordinário e o converte no estudo CRIATIVO da Palavra de Deus.

 

Dissemos na introdução a este curso que ser criativo é produzir algo noivo. O ensino do Espírito Santo produz um novo fluir de compreensão espiritual. O Espírito Santo faz a Bíblia nova, fresca e pertinente a sua vida.

 

A PALAVRA DE DEUS: LEITE E CARNE

 

Há dois níveis de profundidade espiritual na Palavra de Deus. Nós chamamos estes de nível de “leite” e nível de “carne”. O leite da Palavra de Deus se refere às  verdades simples que inclusive uma criança pode entender, como o plano de salvação. A “carne” da Palavra de Deus se refere à s verdades espirituais mais profundas que não são tão fáceis de entender.

 

Algumas pessoas tem recebido a Jesus como seu Salvador e estão cheias com o Espírito Santo, porém, elas não parecem crescer em sua compreensão da Palavra de Deus. Elas ainda estão alimentando-se com o leite da Palavra.

 

Não há’nada errado com o leite para um bebê recém nascido no mundo natural. O mesmo é verdade no mundo espiritual. Quando você nasce de novo, deve desejar o leite da Palavra de Deus.

 

“Deixando, pois, toda a malícia, todo o engano, e fingimentos, e invejas, e toda a maledicência” (1 Pedro 2:2).

 

Porem, chega um tempo no mundo natural em que um bebê deve começar a comer comidas sólidas para que possa amadurecer fisicamente. Isto também é verdade no mundo espiritual. Há um tempo quando você deve mudar de leite da Palavra de Deus para a carne.

 

“Ora, qualquer que se alimenta de leite é inexperiente na palavra da justiça, pois é criança; mas o alimento sólido é para os adultos, os quais têm, pela prática, as faculdades exercitadas para discernir tanto o bem como o mal.” (Hebreus 5:13-14).

 

Paulo disse que quando era tempo dos crentes mudarem de leite para carne, alguns não estavam aptos:

 

“Porque, desde a infância sabes as sagradas letras, que podem necessitais de que se vos torne a ensinar os princípios elementares dos oráculos de Deus, e vos haveis feito tais que precisais de leite, e não de alimento sólido.” (Hebreus 5:12).

 

Por que era assim? Por que é que alguns crentes entram profundamente na Palavra de Deus enquanto outros nunca conseguem ir mais alem de um entendimento superficial da Bíblia? Por que algumas pessoa estão sempre tendo fome de “coisas mais profundas”na Palavra de Deus em lugar de experimentá-las? Paulo escreveu:

 

“E eu, irmãos não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a criancinhas em Cristo.2 Leite vos dei por alimento, e não comida sólida, porque não a podíeis suportar; nem ainda agora podeis;3 porquanto ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja e contendas, não sois porventura carnais, e não estais andando segundo os homens?” (1 Coríntios 3:1-3).

 

Eles não poderiam mudar do leite para carne porque eram cristãos carnais. Isto significa que eles eram espiritualmente imaturos. Eles tinham inveja, disputas, divisões e outros pecados em suas vidas. Se um cristão é carnal, ele não poderá entender as verdades mais profundas da Palavra de Deus. Ele permanecerá no leite até que se arrependa e cresça bastante espiritualmente para que ele possa digerir a carne.

 

Deus deseja que você mude do leite para carne de Sua Palavra, que você aumente seu conhecimento da Palavra de Deus:

 

“Ora, a quem ensinará ele o conhecimento? e a quem fará entender a mensagem? aos desmamados, e aos arrancados dos seios??” (Isaias 28:9).

 

É importante que você mude do leite para carne pois é sobre os crentes espiritualmente maduros que Deus derrama Seu Espírito:

 

“Ora, a quem ensinará ele o conhecimento? e a quem fará entender a mensagem? aos desmamados, e aos arrancados dos seios?Pois é preceito sobre preceito, preceito sobre preceito; regra sobre regra, regra sobre regra; um pouco aqui, um pouco ali.
11 Na verdade por lábios estranhos e por outra língua falará a este povo;ao qual disse: Este é o descanso, dai descanso ao cansado; e este é o refrigério; mas não quiseram ouvir”
(Isaias 28:9-12).

 

Deus que bendizer a Seu povo com um derramamento do Espírito Santo. Ele que reaviva-los e dar-lhe descanso espiritual, porem eles não poderiam entrar nele porque eles não haviam ouvido Suas Palavras. Eles não poderiam seguir a carne espiritual porque eles não desmamaram do leite da Palavra.

 

CÓMO MUDAR DO LEITE À CARNE

 

Agora, a grande pergunta é... Como um cristão recém nascido muda do leite para a carne da Palavra de Deus?

 

DESEJE O LEITE:

 

PrimeIro, você deve desejar o leite da Palavra. Você deve ganhar uma compreensão dos princípios básicos da Palavra de Deus.

 

“desejai como meninos recém-nascidos, o puro leite espiritual, a fim de por ele crescerdes para a salvação” (1 Pedro 2:2).

 

Você  não pode começar com a carne espiritual. Você deve desejar e deve aprender primeiro a digerir o leite espiritual.

 

SEJA OBEDIENTE À PLAVRA DE DEUS:

 

Este é o passo mais importante. Os cristãos carnais não obedecem ao que lês aprendem no leite da Palavra de Deus, então, eles não podem amadurecer até à carne da Palavra. A Bíblia ensina que não é bastante ouvir Sua Palavra. Você deve ser obediente. Você deve se tornar um “cumpridor”da Palavra e não somente um “ouvinte”.

 

“E sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.” (Tiago 1:22).

 

Um aumento na compreensão espiritual vem através da meditação e obediência à Palavra de Deus. Assim é como nós mudamos do leite para carne. Davi escreveu: 

 

“Tenho mais entendimento do que todos os meus mestres, porque os teus testemunhos são a minha meditação. Sou mais entendido do que os velhos, porque tenho guardado os teus preceitos. E tenho os meus pés de todo caminho mau, a fim de observar a tua palavra.Não me aperto das tuas ordenanças, porque és tu quem me instrui. Oh! quão doces são as tuas palavras ao meu paladar! mais doces do que o mel à minha boca. Pelos teus preceitos alcanço entendimento, pelo que aborreço toda vereda de falsidade.” (Salmos 119:99-104).

 

Porque Davi guardou os mandamentos de Deus e era cumpridor da Palavra, sua compreensão aumentou. Deus não levará você às revelações mais profundas se você não tem atuado cumprido o que tem aprendido no leite da Palavra.

 

BUSQUE A CARNE:

 

No mundo natural, mastigar a carne requer mais esforço físico que beber o leite. O mesmo é verdade no mundo espiritual. Descobrir a carne da Palavra de Deus requer mais esforço espiritual que permanecer no leite da Palavra.

 

Provérbios capítulo 2 nos diz como buscar a carne da Palavra:

 

“Filho meu, se aceitares as minhas palavras, e entesourares contigo os meus mandamentos, para fazeres atento à sabedoria o teu ouvido, e para inclinares o teu coração ao entendimento; sim, se clamares por discernimento, e por entendimento alçares a tua voz; se o buscares como a prata e o procurares como a tesouros escondidos;então entenderás o temor do Senhor, e acharás o conhecimento de Deus.” (Provérbios 2:1-5).

 

Estes são os passos para buscar e compreender o conhecimento de Deus:

 

1. Aceita minhas  palavras: Você deve ser ensinável.

 

2. Entesourar meus mandamentos dentro de você: Você deve aceitar a Palavra e deve integra-la em sua vida e espírito. No tente mudar a Palavra para estar de acordo com sua maneira de viver.

 

3. Dar ouvido à sabedoria: Realmente escute ao que Deus está dizendo-lhe através de Sua Palavra. Escutar requer mudanças no viver segundo o indicado.

 

4. Incline teu coração ao entendimento: Diligentemente aplique-se a entender interpretar) a Palavra.

 

5. Busque-a como a prata e rebusque como a tesouros escondidos: Se alguém lhe dissesse que havia um tesouro oculto em uma propriedade que você possui, o que você faria? Você começaria escavando. Você começaria uma busca sistemática até que encontrasse o tesouro. Isto se tornaria uma prioridade em sua vida.

 

Quando você faz da Palavra de Deus uma prioridade e começa a buscar. Sua sabedoria sistematicamente, você a encontrará. Porém deve tornar-se uma prioridade de vida. Você deve acercar-se dela com tanto entusiasmo e dedicação como se estivesse buscando o tesouro.

 

Se você seguir esta diretrizes e buscar a carne da Palavra de Deus, estes serão os resultados:

 

1. Então entenderás o temor do Senhor: Versículo 5.

 

2. E falaras o conhecimento de Deus: Versículo 5.

 

3. Então entenderás a justiça, o direito e a equidade: todo bom caminho: Versículo 9.

 

4. Será agradável à tua alma:(você encontrará a satisfação), Versículo 10.

 

5. Te guardará a iniciativa sã – versículo 11.

 

6. E te preservará o entendimento – Versículo 11.

 

7. Te livrará do mal caminho, dos homens que falam perversidades - Versículo 12.

 

ALGUMAS SUGESTÕES PRÁTICAS

 

Aqui estão algumas sugestões práticas para o estudo da Bíblia.

 

ESTABLEÇA UM TEMPO ESPECIAL:

 

Estabeleça um tempo especial cada dia para você estudar. O tempo que você seleciona dependerá de seu horário pessoal ou preferência. Alguns preferem estudar cedo pela manhã quando estão descansados. Alguns encontram seu melhor momento tarde da noite quando todos os demais em sua casa se retiram. Qualquer que seja o tempo que você escolha, ponha-o a parte como um tempo regular de compromisso com Deus para estudar Sua Palavra.

 

SELECIONE UM LUGAR ESPECIAL:

 

Selecione um lugar livre de ruído e interrupção. Esteja segura de ter a iluminação apropriada para permitir-lhe  ler sem fazer um grande esforço para ver.  Se for possível, escolha um lugar onde você possa deixar seus materiais de estudo, isto é, Bíblia, lápis, papel e qualquer livro de  estudo da  Bíblia que você tenha. Desta maneira você não tem que gastar seu tempo a cada dia reunindo estes artigos antes que comece seu estudo. 

 

COMECE DE UMA MANEIRA ESPECIAL:

 

Comece cada sessão do estudo com oração. Peça a Deus que abra sua compreensão para que você possa receber Sua Palavra. O Salmista Davi orou:

 

“Chegue a ti o meu clamor, ó Senhor; dá-me entendimento conforme a tua palavra.” (Salmos 119:169).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PROVA PESSOAL

 

1. Escreva o Versículo Chave de memória.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

2. Por que muitas pessoas falham quando eles começam a estudar a Bíblia?

________________________________________________________________________________________________________________________________

 

3. O que significa a palavra "pré-requisito"?

________________________________________________________________________________________________________________________________

 

4. Por que o pré-requisito é importante para entende a Bíblia?

________________________________________________________________________________________________________________________________

 

5. Liste os meios que Deus tem provido para estudar Sua Palavra.

________________________________________________________________________________________________________________________________

 

6. Quem é o grande Mestre enviado de Deus depois que Jesus voltar ao Céu? 

________________________________________________________________

 

7. O que significa o "leite" da Palavra de Deus?

________________________________________________________________________________________________________________________________

 

8. O que significa a "carne" da Palavra de Deus?

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

 

9. Liste três passos que movem um crente do leite à carne da Palavra de Deus:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

10. Liste três sugestões práticas para o estudo da Bíblia que se discutiu neste capítulo:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

PARA ESTUDO ADICIONAL

 

1. Dirija-se a 1 Coríntios 3:1-3 em sua Bíblia. Liste três palavras que Paulo usou para descrever o cristão carnal.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

2. De Provérbios 2:1-5, liste cinco passos dados para buscar a carne da Palavra de Deus.

________________________________________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

3. Estude Provérbios 2:5-12. Liste sete resultados de aplicar estes passos ao estudo da Palavra de Deus.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Capítulo Cinco

 

AS FERRAMENTAS DO ESTUDO DA BÍBLIA

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir este capítulo você será capaz de:

 

n  Escrever os Versículos Chaves de memória.

n  Explicar os  três usos de uma concordância.

n  Usar una concordância.

n  Usar um Dicionário da Bíblia.

n  Usar um livro de estudo de palavras da  Bíblia

n  Usar um livro de texto tópico.

n  Usar uma Enciclopédia Bíblica.

n  Usar um Comentário da Bíblia.

n  Usar um Atlas da Bíblia.

n  Usar um manual da Bíblia.

 

VERSÍCULOS LLAVES:

 

“O teu mandamento me faz mais sábio do que meus inimigos, pois está sempre comigo.Tenho mais entendimento do que todos os meus mestres, porque os teus testemunhos são a minha meditação.Sou mais entendido do que os velhos, porque tenho guardado os teus preceitos” (Salmos 119:98-100).

 

 

INTRODUÇÃO

 

Os estudiosos da Bíblia têm escrito livros especiais que são úteis para estudar a Bíblia. Este capítulo explica como usar estas ferramentas de estudo da Bíblia. Não é necessários ter estes livros espaciais para estudar a Bíblia. Não fique preocupado se você não pode permitir-se ao luxo de ter acesso a eles. Este curso lhe ensina como estudar a Bíblia por si mesmo. Tudo o que é necessário para você é ter uma Bíblia.

 

Se você não tem estas ferramentas na atualidade, todavia é importante você saber que existem ajudas para o estudo da Bíblia.[2]. Isto é porque nós temos incluído este capítulo sobre as ferramentas do estudo da Bíblia. Se você tem acesso às ferramentas do estudo da Bíblia nos queremos que você tente usa-las porque elas serão úteis para você. Há várias maneiras pelas quais você poderia ganha o acesso a coisas assim. Possivelmente, você possa consegui-los comprando-os em uma livraria cristã ou de uma Editora. Se você não pode permite-se ao luxo de comprar estes livros, talvez possa pedi-los emprestados. Se você vive próximo a uma Universidade Cristã da Bíblia, talvez possa usa sua biblioteca. Talvez um ministro ou amigo cristão que perto de você tem alguns destes livros e lhe permitirá usa-los.

 

As ferramentas de estudo da Bíblia são importantes, porém não podem substituir o estudo pessoal da própria Bíblia. Você só deve usar estas ferramentas depois ter feito seu próprio estudo da Palavra. Consultar um livro de estudo da Bíblia antes de estudar a própria Bíblia influencia sua mente com comentários de homens antes que você tenha estudado as Palavras de Deus. Aqueles que escreveram comentários da Bíblia e outras ferramentas do estudo obtiveram seu material da mesma maneira que qualquer estudante pode consegui-lo: Da própria Bíblia.

 

Não é necessário depender da investigação de outros. Se as ferramentas de estudo da Bíblia não estão disponíveis a você, não se desespere. Dentro de você mora o poder criativo do Espírito Santo. Ele é o mestre especial enviado por Deus que o guiará em toda a verdade. Ele é melhor que todas as ferramentas de estudo da Bíblia proporcionadas pelos homens. Se estas ferramentas estão disponíveis, aprenda a usa-las par complementar seu próprio estudo da Palavra de Deus porém, não dependa delas. Dependa da revelação criativa do Espírito Santo.

 

A CONCORDÂNCIA BÍBLICA

 

Uma Concordância Bíblica proporciona uma lista alfabética das palavras principais da Bíblia no contexto imediato de cada palavra. Se você tem poucas condições par comprar estes materiais, esta é a ferramenta mais importante para o estudo da Bíblia e deve ser sua primeira opção.

 

Duas concordâncias são boas:

 

The Analytical Concordance to the Bible (A  Concordância Analítica da Bíblia) por Robert Young, publicada por Eerdmans Publishing Company, Grand Rapids, Michigan, EE.UU.

 

Exhaustive Concordance of the Bible (Concordância Exaustiva da Bíblia) por James Strong, publicada por Abingdon Press, Nashville, Tennessee, EE.UU.. (Esta concordância de Strong é usada neste estudo para explicar o uso de uma concordância).

 

 

Uma concordância é útil de três maneiras:

 

1. Para Localizar Todas as Referências a Uma Palavra:

 

Por exemplo, se você quer estudar sobre os anjos, você pode buscar as palavras “anjo”e “anjos”em uma concordância. Você encontrará uma lista completa de cada lugar que estas palavras são usadas na Bíblica. Isto lhe permitira que você busque cada referencia sobre o assunto. Você também pode buscar nomes de personagens da Bíblia e fazer estudos biográficos usando a concordância. Por exemplo, se você busca o nome “Moises” será listado todas as referencia da Bíblia sobre ele.

 

Cada referência a uma palavra é representada pela letra da palavra. Por exemplo, olhe a inscrição para palavra “gerar”:

 

GERAR [e relativos]

 

 

 

g. a Set foram 800

Gn 5:4

3205

Que teu pai g. Ela é tua irmã

Lv 18:11

4138

Caso eu o g., para que me digas?

Nm 11:12

3205

Ou quem g. as gotas do aspergir?

Jó 38:28

3205

"Tu é meu filho; eu te g.  hoje

Sl 2:7 

3205

Porque tem g filhos ilegítimos

Os 5:7

3205

Meu filho é tu; eu te tenho g. hoje

At 13:33

1080

 

A palavra "gerar" [e seus relativos] se indica pela inicial "g" em cada referência listada. Se usam abreviações para os livros da Bíblia no lugar de escrever o nome completo de cada livro.

 

2.  Para Localizar Um Texto Específico:

 

Talvez você recorde simplesmente uma palavra ou duas de um versículo da Bíblia e você quer encontrar o versículo na Bíblia. Use as palavras que você recorda para localizar o texto. Por exemplo, se você recorda a palavra “gerei” do versículo. Meu filho és tu, eu te gerei hoje” você pode buscar a palavra “gereis”( ou gerar) na concordância. Ali você encontrará listada todas as referencias a “gerar”.  Procure na lista até que você encontre o versículo que está buscando. Usando a concordância, você descobrirá que este versículo está localizado em Atos 2.7. Agora você pode encontrar o versículo em sua Bíblia.

 

3.  Para Encontrar o Significado De Uma Palavra:

 

Ao final de cada lista sobre uma palavra na concordância você encontrará um número[3]. Na parte de trás da concordância há dois dicionários. Um Dicionário está em hebraico, o idioma em que o Antigo Testamento foi escrito. O outro Dicionário está no grego, o idioma em que o Novo Testamento foi escrito. Você não necessita conhecer o hebraico ou o grego para usar estes dicionários. Use o número que está no final da linha em que se encontra o versículo na concordância:

 

Atos 13:33 Meu filho é tu, eu te tenho g, hoje  1080

 

Busque  o número no Dicionário hebreu se é uma palavra usada no Antigo Testamento. Busque o número no Dicionário grego se é uma palavra usada no Novo Testamento. Nós estamos estudando a palavra “gerar”como ela é usada em Atos 2.7. Desde que é uma palavra do Antigo Testamento nos buscaremos numero 3205 no Dicionário hebraico. Esta é a aparência de como a lista no Dicionário grego se mostrará:

 

(1)        (2)        (3)          (4)                              

1080  gennao, guenau, gen-na’-o;

        (5)                                            

De uma var. de G1085

    (6)

Procriar; gerar: - dar, conceber, ser nascido, trazer, liberar, fazer.

 

Os números entre parênteses () não aparecem no Dicionário. Estes foram usados para explicar o seguinte:

 

(1)  Estes são o número pelo qual você encontra a palavra grega.

(2)  Esta é a palavra escrita no grego.

(3)  Isto mostra como a palavra é pronunciada no grego.

(4)  Isto mostra a divisão da palavra nas sílabas (partes) e onde o acento (a ênfase) se põe quando você diz a palavra no grego.

(5)  Isto provê os números da palavra "raiz" da palavra “gerar”. Estas são as palavras originais da qual a palavra “gerei” veio. ( Você pode buscar estes também no Dicionário grego se você desejar. Busque-os pelos seus números).

(6)  Isto dá significado da palavra “gerei” (ou gerar).

 

Quando você entende o significado de uma palavra na Bíblia, este método de estudo de palavras o ajudará. Você aprenderá mais depois sobre o estudo de palavras neste curso.

 

O DICIONÁRIO BÍBLICO

 

Um Dicionário Bíblico lista palavras da Bíblia na ordem alfabética e explica o significado de cada palavra. Um Dicionário Bíblico não é igual um Dicionário regular de palavras. Um Dicionário regular dá os significados de palavras como elas se usam agora. Um Dicionário Bíblico dá as definições das palavras da Bíblia como elas se usavam no contexto original da Escritura. Aqui está uma mostra de um Dicionários da Bíblia. 

 

BARBA, com os asiáticos era una insígnia de dignidade varonil em contraste com os egípcios que normalmente raspavam a cabeça e  a cara. Como um sinal de lamentação, era costume tirar ou cortar. Os Israelitas foram proibidos raspar os cantos da barba, provavelmente porque se considerou como um sinal do pagão ou idólatra (Lv 19:27). Obrigar a um homem cortar sua barba era infligir a ele uma desgraça vergonhosa (2 Samuel 10:4).

 

Os seguintes dicionários bíblicos são recomendados:

 

Unger’s Bible Dictionary (Diccionario de la Biblia de Unger) por Merrill Unger. Publicado por Moody Press, Illinois, EE.UU.

 

Zondervan Pictorial Bible Dictionary (Diccionario de la Biblia Pictórico Zondervan) por Merrill C. Tenney, publicado por Zondervan Publishing House, Grand Rapids, Michigan, EE.UU.

 

OS LIVROS DE ESTUDO DE PALAVRAS

 

Os livros de estudo de palavras vão mais alem do Dicionário
Bíblico básico definindo palavras usadas na Bíblia. Eles proporcionam a palavra grega ou hebraico e vários significados dados à mesma palavra. Um livro de estudo de palavras também proporciona as referências nas quais a palavra se usa. Aqui está um exemplo de um livro de estudo de palavras:

 

HACHA: De AXIME, um machado, parentesco com AGUMI, quebrar, se encontra em Mateus 3:10 e Lucas 3:9.

 

Esta lista mostra a Palavra grega, diz se ela se relaciona a outra palavra ("agumi"), explica o significado da palavra e diz onde a palavra se usa na Bíblia.

 

Os livros de estudo de palavras seguintes são sugeridos:

 

An Expository Dictionary of New Testament Words and An Expository Dictionary of Old Testament Words (Um Dicionário Explicativo das Palavra do Novo Testamento e Um Dicionário Explicativo das Palavras do Antigo Testamento), ambos por W.E. Vine, publicados por Fleming H. Revell Company, Old Tappan, New Jersey, EE.UU.

 

 

 

 

 

A ENCICLOPÉDIA BÍBLICA

 

Uma Enciclopédia da Bíblia também lista os vários temas e palavras da Bíblia em ordem alfabética e os define. Porém, proporciona uma discussão mais extensa que um Dicionário.

 

Aqui está um exemplo de uma Enciclopédia da Bíblia:

 

GERAR Heb. Yalad (Lv 18:11; Jó 38:28; Salmo 2:7; etc.); Gr. Gennao (Atos 13:33; Hebreus 1:5; 5:5); NEB[New English Bible] também “gerar”, “voltar-se a seu pai”, etc. Na RSV[Revised Standard Versión] o termo ocorre principalmente do fato de Deus fazendo Cristo Seu Filho: "Tu é meu filho; eu te gerei hoje” (Salmo 2:7), citado em Atos 13:33 na referência a Sua ressurreição (Ro 1:4). A mesma passagem é citda em Hb 1:5 para demonstrar a dignidade filial de Cristo, transcendendo os anjos “assim como o nome que tem herdado é mais excelente que o deles”o nome de Filho; e outra vez (5:5) de Deus conferindo a Cristo a glória do ofício de Sumo Sacerdote.

 

As seguintes Enciclopédias Bíblicas são sugeridas:

 

The Wycliffe Bible Encyclopedia (Enciclopédia da Bíblia de Wycliffe) por C.F. Pfeiffer, V.F. Vos, e John Rea; publicada por Moody Press, Chicago, Illinois, EE.UU.,

 

The Zondervan Pictorial Encyclopedia (Enciclopédia Pictórica Zondervan), (cinco volumes) publicada por Zondervan Publishing House, Grand Rapids, Michigan, EE.UU.

 

O COMENTÁRIO DA BÍBLIA

 

Um Comentário é um livro que proporciona comentários sobre os textos da Bíblia. Faz um comentário capítulo por capítulo e versículo por versículo da Bíblia. Um Comentário é útil para explicar passagens que são difíceis de entender. Porém recorde: Estas são as idéias de uma pessoa acerca do significado de algo nas Escrituras. Os comentários são só opiniões de homens. Isto e porque é importante que você estude a Bíblia por si mesmo e não dependa dos comentários de outros.

 

Há muitos comentários da Bíblia diferentes. Alguns comentários consistem em um volume que cobre a Bíblia inteira. Outros comentários consagram um livro de comentários de cada livro da Bíblia. Os comentários sugeridos são:

 

The Wycliff Bible Commentary (Comentário da Biblia de Wycliff) por Charles F. Pfeiffer y Everett F. Harrison publicado por Moody Press, Chicago, Illinois, EE.UU.

The Matthew Henry Commentary of the Whole Bible (Comentário da Bíblia Inteira de Matthew Henry) publicado por Zondervan Publishing House, Grand Rapids, Michigan, EE.UU.

 

O ATLAS DA BÍBLIA

 

Um Atlas da geografia bíblica contem mapas e informações sobre as terras da Bíblia. Ajuda a localizar e entender o transfundo geográfico em que os acontecimentos se passaram na Bíblia. Os Atlas seguintes são recomendados.

 

Compact Bible Atlas With Gazetteer (Atlas Bíblico Compacto com Dicionário) publicado por Baker Book House, Grand Rapids, Michigan, EE.UU.

 

Hammond’s Atlas of the Bible Lands (Atlas das Terras da Bíblia Hammond) por Harry T. Frank, publicado pela Scripture Press, Wheaton, Illinois, EE.UU.

 

Oxford Bible Atlas (Atlas da Biblia Oxford) por Herbert G. Mayo, publicado por Oxford University Press, New York, New York, EE.UU.

 

The Macmillan Bible Atlas publicado por Macmillan Publishing Company, New York, New York, EE.UU.

 

O LIVRO DE TEXTO TÓPICO

 

Um livro de texto tópico é um livro que organiza a Bíblia sob listas tópicos maiores e dos versículos onde estes temas se discutem. Aqui está um exemplo de um livro de texto tópico:

 

GEDEÓN. Chamado por um anjo, Juízes 6:11,14. Suas desculpas,  Juízes 6:15. As promessas do Senhor, Juízes 6:16.  O anjo atesta a chamada para o milagre, a, Juízes 6:21-24.  Ele destrói o altar de Baal, e constrói um ao Senhor, Juízes 6:25-27. Sua  prova de oração, Juízes 6:36-40.  Lidera um exercito contra e derrota os mdianistas, Juízes 6:33-35; 7; 8:4-12. O povo de Efraim o repreende por não convida-los a unir-se na campanha contra os Midianitas, Juízes 8:1-3. Se vinga das pessoas de Sucote, Juízes 8:14-17. Israel deseja fazer-lhe rei, ele se nega, Juízes 8;22-23. Faz o Efod que se torna uma armadilha aos israelitas, Juízes 8:24-27.  Tinha setenta filhos, Juízes 8:30. A morte de, Jueces 8:32; a Fé de Hebreus 11:32.

 

O livros tópicos seguintes são recomendados:

Nave’s Topical Bible (Tópicos da Bíblia de Nave) lista 20,000 temas com 100,000 referências da Bíblia. Foi escrito por Orville J. Nave e publicado por Guardian Press, Grand Rapids, Michigan, EE.UU.

Zondervan Topical Bible (Tópicos da Bíblia Zondervan) lista 21.,000 temas sobre 100.000 referências das Escrituras, publicado por Zondervan Publishing House, Grand Rapids, Michigan, EE.UU.

 

OS MANUAIS BÍBLICOS

 

Um Manuela bíblico normalmente é um resumo de um volume de informações selecionados sobre a Bíblia. Contem os mapas úteis e gráficos, definições, informações sobre os tempos Bíblicos e resumos dos livros da Bíblia. Um Manuela Bíblico apresenta uma apreciação global geral da Bíblia. 

 

Os seguintes Manuais Bíblicos são bons:

 

Unger’s Bible Handbook (Manual da Bíblia de Unger), Moody Press, Chicago, Illinois, EE.UU.

 

Eerdman’s handbook To The Bible (Manual da Bíblia de Eeerdman), Eerdmans Publishing Company, Grand Rapids, Michigan, EE.UU.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PROVA PESSOA

 

1. Escreva os Versículos Chaves de memória

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

2. Quais são os três usos principais de uma concordância?

______________________   ______________________   ______________________

 

3. Veja as palavras na Lista Um, então veja as definições na Lista Dois. Escreva o número da definição que melhor descreve a palavra no espaço em branco diante dela.

 

Lista Um

Lista Dois

 

___  Livro de Texto Tópico

1. Proporciona comentários sobre a Bíblia, versículo por versículo, capítulo por capítulo.

___  Dicionário Bíblico

2. Como um Dicionário regular, porém, define as palavras como elas se usam na Bíblia no lugar dos tempos modernos.

___  Enciclopédia Bíblica

3. Proporciona mapas e informações sobre o cenário geográfico da Bíblia.

___  Comentário Bíblico

4. Lista temas da Bíblia e as referências bíblicas para elas.

___  Atlas Bíblico

5. Provê a explicação das palavras com mais detalhes que um Dicionários da Bíblia.

___ Livros de Estudo de Palavras

6. Proporciona informação general sobre a Bíblia: o transfundo, a história, etc.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PARA ESTUDO ADICIONAL

 

Se você tem acesso às ferramentas de estudo da Bíblia, complete os exercícios seguintes:

 

1. Use uma Concordância para localizar o versículo seguinte. Complete o versículo e registre a referência da Bíblia.

 

Porque alguns homens tem entrado sorrateiramente, os quais desde o antigo havia sido destinados para esta condenação. Eles são homens ímpios, ________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Referência:_______________________

 

2. Use a Concordância, Um Dicionários Bíblico da Bíblia, um livro de estudo de palavras para estudar a palavra “lascívia”. Resuma seu significado:

________________________________________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________________________________________

 

3. Busque Judas 1:4 em um Comentário Bíblico e veja que comentários são feitos sobre o versículo. Resuma o que você aprendeu:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Capítulo Seis

 

OS PRINCÍPIOS DE INTERPRETAÇÃO

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir este capítulo você será capaz de:

 

n  Escrever o Versículo Chave de memória.

n  Explicar o que significa "extrair bem” Palavra de verdade

n  Listar seis regras para interpretar a Bíblia adequadamente.

n  Definir cada uma destas seis regras.

n  Definir a inspiração verbal e plenária.

 

VERSÍCULO CHAVE:

 

“Procura apresentar-te diante de Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade” (2 Timóteo 2:15).

 

INTRODUÇÃO

 

Leia o Versículo Chave novamente.  "Extrair bem” como usado aqui se toma das regras para os sacrifícios do Antigo Testamento e significa “cortar diretamente”. No Antigo Testamento, quando uma pessoa trazia um sacrifício para o pecado, o animal era dividido em três partes. Uma parte era oferecida a Deus. Outra parte se dava ao que trazia a oferta. A terceira parte era do sacerdote. Desta prática desenvolveu-se a expressão “extrair bem”. Significa "dê a cada um o que pertence a ele. "

 

No estudo da Bíblia é importante extrair bem a Palavra de Deus ou dividir corretamente. Isto significa que você deve entender o que está dizendo e a quem. Você também deve interpretar e deve aplicar o significado corretamente.

 

Há três grupos maiores aos quais a Palavra se dirige. Estes se listam em I Coríntios 10:32:

 

“Não vos torneis causa de tropeço nem a judeus, nem a gregos, nem a igreja de Deus” (1 Coríntios 10:32).

 

Todas a Escritura é dirigida POR CAUSA DE nós, porém não são todos os versículos que se dirigem PARA nós. Por exemplo, Deus disse a Noé que construísse uma arca. A história registra como um exemplo de que você deve aprender as verdades espirituais, porém não significa que VOCÊ deve construir uma arca. Algumas partes da Bíblia se dirigem aos judeus. Porções são dirigidas aos Gentios (as nações que não são judias). Outras porções se dirigem à Igreja (todos aqueles que são verdadeiros crentes em Jesus Cristo).

 

Para encontrar o significado correto da Bíblia, você deve aprender a extrai-la devidamente. Outra palavra para isto é "interpretação" que quer dizer dar o significado apropriado a algo. Você deve aprender a chegar ao significado apropriado para cada Escritura. Jesus disse aos líderes religiões de Seu tempo

:

“Jesus, porém, lhes respondeu: Errais, não compreendendo as Escrituras nem o poder de Deus” (Mateus 22:29).

 

O terror espiritual é o resultado de não conhecer a Palavra de Deus. Há certos princípios que você deve seguir para interpretar a Bíblia adequadamente. Há seis regras básicas para interpretar a Bíblia que ajuda a “extrair bem” a Palavra de Deus.

 

A REGRA DE AUTORIDADE DIVINA

 

A regra de autoridade divina significa que nós aceitamos a Bíblia como a autoridade final. Nós cremos que toda a Bíblia é inspirada por Deus, de Gênesis até o Apocalipse.

 

“Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça” (2 Timóteo 3:16).

 

“E temos ainda mais firme a palavra profética à qual bem fazeis em estar atentos, como a uma candeia que alumia em lugar escuro, até que o dia amanheça e a estrela da alva surja em vossos corações; sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação Porque a profecia nunca foi produzida por vontade dos homens, mas os homens da parte de Deus falaram movidos pelo Espírito Santo” (2 Pedro 1:19-21).

 

Há dois tipos diferentes de inspiração: a inspiração Verbal e a Plenária.

 

Por inspiração verbal nós queremos dizer que cada palavra nos manuscritos originais foi inspirada por Deus. Por  inspiração plenária nós queremos dizer plena inspiração da Escritura como oposto à inspiração parcial. Cada porção da Bíblia é inspirada por Deus.

 

Quando nós aceitamos a regra de autoridade divina, não há então nenhum conflito entre a Bíblia e a história ou ciência. Se há um conflito aparente é porque:

 

1. Nós não temos entendido a ciência ou história.

 

            Ou senão 

 

2. O conhecimento cientifico atual não é exato. Quando os conflitos são aparentes, a Bíblia se torna a autoridade final porque é a Palavra divinamente inspirada por Deus. No passado, quando os conflitos aparentes entre a Bíblia e a história ou ciência se levantaram, as investigações, mais tarde sempre demonstraram que a Bíblia estava correta.

 

A REGRA DA INTERPRETACAO LATERAL

 

Interpretar     a Bíblia literalmente significa crer que ela diz exatamente o que ela disse. Sempre interprete a Bíblia literalmente a menos que o contexto indique claramente de outra maneira. Quando a Bíblia disse que Israel cruzou o rio Jordão sobre a terra seca, aceite-o literalmente. Quando a Bíblia disse sobre os muros de Jericó que caíram, aceite-o como foi registrado pelo Espírito Santo.

 

A Bíblia contem vários “tipos”. Certas pessoas, lugares ou eventos, enquanto literal em si mesmos, também representam algo que passará no futuro. O Capítulos Vinte e um deste curso lhe ajudará reconhecer isto.

 

Também se usam símbolos na Bíblia. Um símbolo é colocado para dar um significado em adição a seu significado comum. Por exemplo, em Marcos 14.22, o vinho se usa como símbolo do sangue do Senhor Jesus Cristo. (eles não estava bebendo sangue real) Os símbolos são usados freqüentemente nos profetas bíblicos. Por exemplo a grande imagem com qual Nabucodonosor sonhou em Daniel, tem importância simbólica. Cada parte da imagem representava um reino mundial futuro (Daniel 2) A Bíblia, normalmente explica os símbolos quando eles são usados. Por exemplo, a interpretação de Daniel da imagem simbólica está registrado em Daniel 2:31-45.

 

Jesus usou freqüentemente as parábolas quando Ele ensinava. Uma parábola é uma história que se conta com o propósito de ilustrar uma verdade espiritual. Sempre que Jesus usou uma parábola ela é declarada na Bíblia. Se não disse que era uma parábola então a história deve ser aceita como um evento real.

 

A REGRA DA CONSIDERACAO CONTEXTUAL

 

Cada versículo da Bíblia deve estudar-se em seu contexto. Isto significa que devem ser estudados os versículos que precedem e seguem ao texto assim como em relação com todo o resto da Bíblia. Tem-se criado muitas doutrinas falsas e seitas porque versículos ou partes de versículos foram tirados de seu contexto.

 

Por exemplo, a Bíblia diz que não há Deus. Você sabia? Você encontrará isto no Salmo 14.1. Corrija-me se ali não diz “não há Deus.” Porem si nós lêssemos toda a passagem nós teríamos isto:

 

“Diz o néscio no seu coração: Não há Deus.." (Salmos 14:1).

O versículo completo no seu contexto é bastante diferente no significado que a poção retirada do contexto.

 

Ao estudar um versículo no seu contexto se fazem as seguintes perguntas:

 

1.  Quem está falando ou está escrevendo?

 

Embora toda a Bíblia é a Palavra de Deus, se usaram homensw diferentes para escrever e fala-la.

 

2.  O que está sendo Dito?

 

Resuma os pontos principais do que está sendo dito pelo porta voz ou escritor.

 

3.  A Quem está sendo Dito?

 

A Israel? Às nações Gentias? À igreja? A um indivíduo específico?

 

4.  Por que se disse?

 

Qual é o propósito na passagem A própria Bíblia declara os propósitos de alguns livros e passagens:

 

Jesus, na verdade, operou na presença de seus discípulos ainda muitos outros sinais que não estão escritos neste livro;
31 estes, porém, estão escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.”
(João 20:30-31).

 

Para outras partes das Escrituras, a razão não é tão claramente declarada. Você deve examinar o contexto mais estreitamente para determinar por quê a mensagem foi escrita.

 

5.  Quando se disse?

 

O tempo e circunstancias de algumas passagens nos ajudam a entender o significado. Por exemplo, quando havia confusão nas reuniões da igreja de Corinto, Paulo escreveu uma passagem especial da Escritura para corrigir isto. Ele disse às mulheres que guardassem silencio  na Igreja. Isto significa que as mulheres não poderiam cantar, orar, ensinar ou adorar na Igreja?

 

Para encontrar a resposta, nós devemos examinar quando, por quê, e a quem isto foi dito. Nas reuniões da igreja judia os homens sentavam em um lado do edifício e as mulheres no outro. As mulheres de Corinto estavam interrompendo as reuniões gritando perguntas a seus maridos no outro lado do recinto. Esta foi a ocasião quando Paulo percebeu que era necessários escrever:

 

“as mulheres estejam caladas nas igrejas; porque lhes não é permitido falar; mas estejam submissas como também ordena a lei.” (1 Coríntios 14:34).

 

Interpretar uma Escritura dentro de seu contexto ajuda a explicar o significado da passagem. Quitar um versículo de seu contexto pode produzir uma compreensão incorreta. Freqüentemente o contexto de uma passagem na Bíblia dá a interpretação. Um bom exemplo disto é a parábola do Semeador em Mateus 13.1-9. Se você continua lendo o contexto, a parábola se interpreta nos versículos 18-23. Em muitos casos semelhantes a este a Bíblia se interpreta dentro do contexto. É por isto que a consideração contextual é importante.

 

A REGRA DA PRIMEIRA MENÇAO

 

A regra da primeira menção é como segue: a primeira vez que uma palavra, frase, objeto ou evento é mencionado na Bíblia, dá a chave para seu significado em qualquer outra parte em ela surja.

 

Em Gênesis 3 há a primeira menção de folhas de figo por exemplo. Aqui Adão usou folhas de figo para tentar cobrir seu próprio pecado e nudez por seu próprio esforço. As folhas de figo falam de justiça própria, a recusa do remédio de Deus e um esforço por justiça a si mesmo diante de Deus.

 

Este é o mesmo significado de folhas de figo de onde que elas sejam mencionadas depois na Bíblia. Por exemplo, a última vez que folha de figo foi mencionada por Jesus em Mateus 21 e Marcos 11 e 13. Aqui nós encontramos uma arvore de figo com folha porém nenhum fruto. Jesus a amaldiçoou e secou. Para entender este ato, nos necessitamos recordar a ali da primeira menção e regressar a Gênesis 3. As folhas de figo representam a rejeição do remédio de Deus e um esforço da justiça própria para justificar-se. A arvore de figo representava a justiça própria da nação de Israel que havia rejeitado a Jesus. Eles o rejeitaram como o Rei e não aceitaram Seu plano de salvação dos pecados. Eles estavam tentando ser justos através de seus próprios esforços.

 

A REGRA DA REPETIÇÃO

 

Toda a Bíblia é divinamente inspirada. Não há nenhuma parte não essencial na Bíblia. Cada palavra é inspirada e necessária. Por esta razão, quando algo se repete nas Escrituras é para dar uma ênfase especial. Significa que uma verdade é de tal importância especial que necessita ser repetida.

 

João 3 ilustra esta regra de repetição. Jesus disse a Nicodemos da necessidade de experimentar o novo nascimento e o repete três vezes.

 

“Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.” (João  3:3).

 

“Jesus respondeu: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus (João 3:5).

 

Não te admires de eu te haver dito: Necessário vos é nascer de novo. " (João 3:7).

 

Recorde: Sempre que a Bíblia repita algo, é a maneira do Espírito Santo de dizer “Detenha-se e realmente mire isto."

 

A REGRA DA REVELAÇÃO CUMULATIVA

 

Esta regra realmente se declara na Bíblia:

 

sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. Porque a profecia nunca foi produzida por vontade dos homens, mas os homens da parte de Deus falaram movidos pelo Espírito Santo (2 Pedro 1:20 - 21).

 

A Bíblia de Schofield dá esta tradução:

 

Nenhuma profecia da Escritura é de sua própria interpretação; Quer dizer, ela não está isolada de tudo o que a Palavra tem dado noutra parte.

 

A regra da revelação cumulativa é esta:  A verdade plena da Palavra de Deus em qualquer assunto não deve ser tirada de uma passagem isolada. A revelação cumulativa (o total) de tudo o que a Bíblia disse com respeito a uma verdade é que deve ser considerada. Por isto se chama a regra da revelação "cumulativa".

 

Você não pode basear sua doutrina, ensino ou crenças em alguns versículos isolados sobre o assunto. Você deve seguir estudando até que sua interpretação se ponha consistente com o todo das Escrituras.

 

 

 

 

 

PROVA PESSOAL

 

1. Escreva o Versículo Chave de memória.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

2. O que significa "extrair bem" a Palavra da verdade?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

3. O que significa a inspiração "verbal” da Bíblia?

 

4. O que significa a inspiração "plenária” da Bíblia?

       

5. Liste cada regra para interpretação que se discutiu neste capítulo. Depois de cada regra explique brevemente o que significa:

 

REGRA

SIGNIFICADO

 

1

 

 

 

2

 

 

 

3

 

 

 

4

 

 

 

5

 

 

 

6

 

 

 

 

 


PARA O ESTUDO EXTENSO

 

Há várias passagens na Bíblia que confirma a inspiração da Palavra por Deus. Busque cada passagem em sua Bíblia e resuma-a:

 

TEXTO BÍBLICO

RESUMO

Hebreus 1:1

 

 

 

1 Tessalonicenses 2:13

 

 

 

2 Timóteo 3:16

 

 

 

1 Coríntios 14:37

 

 

 

1 Coríntios 2:7-13

 

 

 

1 Coríntios 11:23

 

 

 

Gálatas 1:11, 12, 16, 20

 

 

 

Efésios 3:1-10

 

 

 

1 Pedro 1:10, 11, 21

 

 

 

2 Pedro 3:16

 

 

 

 


Capítulo Sete

 

O TRANSFUNDO DA BÍBLIA

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir este capítulo você será capaz de:

 

n  Escrever o Versículo Chave de memória.

n  Identificar os períodos históricos maiores da Bíblia.

n  Descrever a vida cotidiana nos tempo da Bíblia.

n  Definir a arqueologia Bíblica.

 

VERSÍCULO CHAVE:

 

“Há muito sei eu dos teus testemunhos que os fundaste para sempre” (Salmos 119:152).

 

INTRODUCCIÓN

 

Cada parte da Bíblia ocorreu em um momento especifico na história e em um contexto cultural específico. O entendimento apropriado de uma passagem se relaciona freqüentemente a estes fatores. Este capítulo dá um resumo breve da história da Bíblia e explica detalhes da vida cotidiana nos dias da Bíblia. 

 

A HISTÓRIA CRONÓLOGICA

 

A história cronológica diz quando um evento ocorreu no passado. “Cronológico”significa em ordem ou sucessão. A história cronológica organiza eventos do passado na ordem apropriada.

 

Na maioria do mundo o datar do tempo é dividido em dois períodos maiores. Estes dois períodos se mostram pelo uso de iniciais depois do número do ano:

 

AC. (ANTES DE CRISTO) Números marcados com estas iniciais significam que um evento passou antes do nascimento de Cristo.

 

DC. (DEPOIS DE CRISTO) Números marcados com estas iniciais significam que um evento passou depois do tempo do nascimento de Cristo.

 

Quando nós dizemos que algo passou em 250 AC., significa que se passou 250 anos Antes de Cristo. Quando nó dizemos que um evento passou em 700 DC., significa que se passou 700 anos Depois  do nascimento de Cristo. Quando um número tem AC depois dele, quanto maior é o número mais vejo a data. Quando um número tem um DC, depois dele, o número maior é a mais recente data.

Este gráfico o ajudará a entender:

 

 

                          AC.                                                                                 DC.

 

 

 

 

 

 

 

 

 


           

 

Há várias maneiras que podemos conhecer a história cronológica de eventos da Bíblia:

 

1. A própria Bíblia proporciona as datas de alguns eventos.

 

2. Os arquivos primitivos de historiadores proporcionam as datas.

 

3. Através da arqueologia que é o estudo de coisas antigas. É uma ciência que ganha conhecimento dos tempos passados através do estudo de restos existentes de suas civilizações. A arqueologia bíblica é o estudo de restos encontrados nas terras da Bíblia. Alguns dos registros históricos da Bíblia foram obtidos por datar estes restos. 

 

A HISTÓRIA CRONOLÓGICA DA BÍBLIA

 

A história cronológica da Bíblia é mais facilmente dividida em doze períodos maiores. A Tabela Um mostra os períodos maiores da cronologia da Bíblia. Veja na Coluna Dois na tabela. Mostra os 12 períodos da história da Bíblia que começa com “Da Criação a Abraão”e conclui com “Disseminação do Evangelho”.

 

As Colunas Um e Três mostram quando os livros da Bíblia foram escritos. Note que entre o Antigo e Novo Testamentos houve um período de 386 anos durante o qual nenhum livro foi escrito.

 

Refira-se a esta cronologia enquanto você estuda a Bíblia. Isto ajudará a determinar quando os eventos passaram:


Tabela Um

A História Cronológica da Bíblia

 

 

Coluna Um

Coluna Dois

Coluna Três

GÊNESIS

1. Da Criação a Abraão 

2. Abraão a Moisés

 

ÊXODO

LEVÍTICO

NÚMEROS

DEUTERONÔMIO

3. O Êxodo

 

JOSUÉ

4. A Conquista

 

JUÍZES

RUTE

5. Os Juízes

 

 

6.  O Reino

SALMOS

PROVÉRBIOS

ECLESIASTES

CANTARES

1 SAMUEL

2 SAMUEL

 

ISAIAS

JEREMIAS

LAMENTAÇÕES

1 REIES

2 REIS

 

EZEQUIEL

DANIEL

OSÉIAS

JOEL

AMÓS

1 CRÔNICAS

2 CRÔNICAS

7. DOIS REINOS

8. JUDÁ SÓ

OBADIAS

JONAS

MIQUÉIAS

NAUM

HABACUQUE

 

9. O Cativeiro

SOFONIAS

ESDRAS

NEEMIAS

MALAQUIAS

10. A Restauração

AGEU

ZACARIAS

 


(Tabela Um, Continuação)

 

Entre os Testamentos

 

Coluna Um

Coluna Dois

Coluna Três

MATEUS

MARCOS

LUCAS

JOÃO

11. A Vida de Cristo

 

ATOS

12. Disseminação do Evangelho

ROMANOS

1 E 2 CORÍNTIOS

GÁLATAS

EFÉSIOS

FILIPENSES

COLOSSENSES

1 E 2 TESSALONICENSES

1 E 2 TIMÓTEO

FILEMON

TITO

HEBREUS

TIAGO

1 E 2 PEDRO

1, 2 E 3 JOÃO

JUDAS

APOCALIPSE

 

Agora leia a descrição dos eventos mais importantes que ocorreram nestes 13 períodos da história da Bíblia:

 

1. Da criação a Abraão (Da criação a 2000 AC.):

 

A criação do universo, a queda do homem no pecado, o assassinato de Abel por Caim, Noé e o dilúvio e a Torre de Babel são alguns dos eventos importantes deste período.

 

2. De Abraão a Moisés (200-1500 AC.):

 

Este período cobre aproximadamente 500 anos. As experiências de um  homem, Abraão e seus descendentes são o enfoque deste período. De Abraão, Deus levantou a nação de Israel porque Ele quis revelar-se às nações do mundo. Este período inclui as historias de Isaque, o filho de Abraão e do filho de Isaque Jacó. O clímax do período é a historia de Jose, o filho de Jacó, que foi vendido como escravo ao Egito e  se fez um grande governante. Jacó e sua família se uniram a José depois no Egito. 

 

3. O Êxodo (1500-1460 AC.):

 

Entre o fechamento de Gênesis e o inicio de Êxodo aproximadamente 100 anos se passaram. A família de Jacó se multiplicou e tornou-se a nação de Israel durante este tempo. Os egípcios ficaram temerosos devido o aumento rápido dos israelitas assim que eles lhe fizeram escravos. Moisés foi levantado e sob a sua direção os israelitas partiram milagrosamente do Egito. Depois de passar um ano no Monte Sinai, eles vagaram durante 38 anos no deserto. Este período encerra-se com a morte de Moises e a liderança de Israel sendo assumida por um homem chamado Josué. 

 

4. A Conquista de Canaã (1460-1450 AC.):

 

Durante este período Josué levou Israel à Canaã para possuir a terra que Deus os havia prometido. Quando conquistaram as pessoa ímpias desta área, militarmente, a terra foi dividida entre as 12 tribos de Israel. Este período de 10 anos se registra no livro de Josué..

 

5. Os Juízes (1450-1102 AC.):

 

Este foi um tempo durante o qual Deus levantou juízes para governar o povo de Israel. Foi um período obscuro na história de Israel, pois era um tempo de fracasso espiritual. Este período durou 348 anos.

 

6. O Reino (1102-982 AC.):

 

Samuel, o último juiz de Israel estabeleceu o Reino de Israel e ungiu Saul para ser o rei. Três reis, Saul, Davi e Salomão, cada um reinou aproximadamente, 40 anos. Durante este tempo, a nação de Israel recebeu a glória mais alta em sua história. O governo foi estabelecido firmemente e as fronteira de Israel estendidas. A história deste período, assim como os três períodos seguintes estão registrados em 1 e 2 Samuel, 1 e 2 Reis e 1 e 2 Crônicas. O período do reino durou 120 anos e então, o reino foi dividido.

 

7. Os Dois Reinos (982-722 AC.):

 

Quando o filho mal de Salomão, Roboão, subiu ao trono, as tribos do Norte se rebelaram. Eles estabeleceram um reino separado de Israel. O Reino no Sul se tornou conhecido como o Reino de Judá. Por aproximadamente 259 anos Israel esteve dividido nestes dois reinos.

 

8. Judá Só (722-587 AC.):

Israel, o Reino do Norte foi conquistado pelos assírios em 722 AC. As pessoas foram levadas cativas à Assíria. Depois da queda de Israel, o Reino do Sul, Judá, durou 135 anos. Os reis de Judá haviam mostrado mais lealdade a Deus e as pessoas não haviam entrado tão profundamente no pecado.

9. O Cativeiro (587-538 AC.):

 

Apesar das advertências dos profetas, Judá finalmente entrou mais profundamente no pecado até que Deus permitiu serem conquistados por Nabucodonosor e levados cativos para Babilônia. A cidade de Jerusalém foi destruída e o povo de Deus, que há centenas de anos antes haviam milagrosamente cruzado o Rio Jordão, agora marchava em cadeias. 

 

10. A Restauração  (538-391 AC.):

 

Quando um rei por nome Ciro, se tornou líder de Babilônia, permitiu ao povo de Deus voltar a reconstruir Jerusalém e seu templo de adoração. Zorobabel levou o grupo que voltou a se estabelecer na terra prometida. Encontram-se registros deste período nos livros de Esdras, Neemias e Ester. Este período de restauração durou 147 anos.

 

Entre os Testamentos (391-5 AC.)

 

O Antigo Testamento encerra com o restabelecimento do povo de Deus, Israel, em Canaã. Então, veio um período de aproximadamente 400 anos entre o Antigo e Novo Testamento. Não houve nenhum livro da Bíblia escrito durante este período, assim que a informação deste tempo vem dos registros seculares.

 

Durante este tempo a Palestina foi governada pelos Persas (536-333 AC.), os Gregos (333-323 AC.), os Egípcios (323-204 AC.), os Sírios (204-165 AC.), os Macabeus (165-63 AC.) e Roma (63 DC. Até o tempo de Cristo).

 

11. A vida de Cristo (5 AC. a 28 DC.):

 

Depois de 400 anos, João Batista foi levantado por Deus para preparar o caminho para a vinda de Jesus Cristo. Jesus deveria ser o Salvador da humanidade pecadora. pecadora. A promessa deste plano de salvação foi feita primeiramente no Jardim do Éden quando o homem havia pecado originalmente. (Gênesis 3:15). Jesus nasceu milagrosamente de uma virgem, revelou-se a Israel como o Messias, foi rejeitado, crucificado pelos pecados de toda a humanidade e ressuscitou pelo poder de Deus. Mateus, Marcos, Lucas e João registram este período de 33 anos.

 

12. A Disseminação do Evangelho (28-100 DC.):

 

Este período cobre os eventos depois do retorno de Cristo ao Céu subseqüente a Sua ressurreição. Registra a expansão do Evangelho de Jerusalém à Judéia, Samaria e aos confins do mundo.

 

 

 

Tabela Dois: Os Juízes de Israel

 

O Antigo Testamento se refere a muitos eventos que passaram quando Israel foi governado pelos juízes. Os juízes governaram antes que Israel tivesse os reis. Registram-se as histórias dos juízes no livro de Juízes. Use esta tabela para ajuda-lo a identificar os eventos que ocorreram durante o período dos juízes.

 

Referência Bíblica

Nome do Juiz

As datas AC.

O Número de Anos

Juízes 3:7-11

Otoniel

1400-1360

40

Juízes 3:12-31

Eude

1360-1280

80

Juízes 3:12-31

Samgar

1280

l

Juízes 4-5

Débora

1280-1240

40

Juízes 6-8:32

Gedeão

1240 -1200

40

Juízes 9

Abimeleque

1200-1197

3

Juízes 10:1-2

Tola

1197-1174

23

Juízes 10:3-5

Jair

1174-1152

22

Juízes 11:6-12

Jefté

1152-1146

6

Juízes 12:8-10

Ibzam

1146-1138

8

Juízes 12:11

Elom  

1138-1128

10

Juízes 12:13

Abadon

1128-1121

7

Juízes 13-16

Sansão

1121-1101

20

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tabela Três: Os Reis de Israel e Judá

 

Mencionam-se muitos eventos do Antigo Testamento como tendo ocorrido durante os reinos de reis diferentes de Israel e Judá. Esta tabela o ajudará a datar estes eventos:

 

Ao Reis de Israel:

 

Nome

Do Rei

Duração do

Reinado em Anos

As Datas

AC.

Referência

Bíblica

Jeroboão

22

976-954

1 Reis 11:26-14:20

Nadab

2

954-953

1 Reis 15:25-28

Baasa

24

953-930

1 Reis 15:27-16:7

Ela

2

930-929

1 Reis 16:6-14

Zimri  

(7 dias)

929

1 Reis 16:9-20

Omri

12

929-918

1 Reis 16:15-28

Acabe

21

918-898

1 Reis 16:28-22:40

Acazias

1

898-897

1 Reis 22:40 A 2 Reis 1:18

Jorão

11

897-885

2 Reis 3:1-9:25

Jeú

28

885-857

2 Reis 9:1-10:36

Joacaz

16

857-841

2 Reis 13:1-9

Joás

16

841-825

2 Reis 13:10-14:16

Jeroboão II

40

825-773

2 Reis 14:23-29

Zacarias

½

773-772

2 Reis 14:29-15:12

Salum

(1 mês)

772

2 Reis 15:10-15

Manaem

10

772-762

2 Reis 15:14-22

Pecaias

2

762-760

2 Reis 15:22-26

Peca

20

760-730

2 Reis 15:27-31

Oséias

9

730-721

2 Reis 15:30-17:6

                                                                                   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os Reis de Judá:

 

Nome do Rei

Duração do Reinado em Anos

As Datas

AC.

Referência

Bíblica

Roboão

17

976-959

1 Reis 11:42-14:31

Abias

3

959-996

1 Reis 14:31-15:8

Asa

41

956-915

1 Reis 15:8-24

Josafá

25

915-893

1 Reis 22:41-50

Jorão

8

893-886

2 Reis 8:16-24

Acazias

1

886-885

2 Reis 8:24-9:29

Atalia

6

885-879

2 Reis 11:1-20

Joás  

40

879-840

2 Reis 11:1-12:21

Amasias

29

840-811

2 Reis 14:1-20

Azarias (Uzias)

52

811-759

2 Reis 15:1-7

Jotão

18

759-743

2 Reis 15:32-38

Acaz

19

743-727

2 Reis 16:1-20

Ezequias

29

727-698

2 Reis 18:1-20:21

Manassés

55

698-643

2 Reis 21:1-18

Amom

2

643-640

2 Reis 21:19-26

Josias

31

640-609

2 Reis 22:1-23:30

Joacaz

(3 meses)

609

2 Reis 23:31-33

Eliaquim

11

609-597

2 Reis 23:34-24:5

Joaquim

(3 meses)

597

2 Reis 24:6-16

Zedequias

11

597

2 Reis 24:17-25:30

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tabela Quatro: Os Profetas do Antigo Testamento

 

Posto que muito do Antigo Testamento são livros de profecia é importante saber quando os profetas viveram e profetizaram. Use esta tabela para datar os eventos durante o período dos profetas.

 

Nome Do Profeta

Profetizado na

Datas

Jonas

Assíria

Antes do Cativeiro (800-650)

Naum

Assíria

Antes do Cativeiro (800-650)

Obadias

Edom

Antes do Cativeiro (800)

Oséias

Israel

Antes do Cativeiro (750)

Amós

Israel

Antes do Cativeiro (750)

Isaias/Jeremias

Judá

Antes do Cativeiro (800-606)

Jeremias/Lamentações

Judá

Antes do Cativeiro (800-606)

Joel

Judá

Antes do Cativeiro (800-606)

Miquéias

Judá

Antes do Cativeiro (800-606)

Habacuque

Judá

Antes do Cativeiro (800-606)

Sofonias

Judá

Antes do Cativeiro (800-606)

Ezequiel

Judá

Durante o Cativeiro (606-536)

Daniel

Judá

Durante o Cativeiro (606-536)

Ageu

Judá

Durante o Cativeiro (536-400)

Zacarias

Judá

Depois o Cativeiro (536-400)

Malaquias

Judá

Depois do Cativeiro (536-400)

 

 

A VIDA NOS TEMPOS DA BÍBLIA

 

A Bíblia, os historiadores e os estudos arqueológicos tem proporcionado a informação sobre a vida cotidiana do povo de Israel nos tempos da Bíblia. Antes do tempo quando eles foram ao Egito, o povo de Israel viviam em tendas. Eles se mudaram com seus rebanhos e manadas em busca de novos pastos e de água.

 

Depois do êxodo do Egito e dos anos que viajaram pelo deserto, Israel se estabeleceu na terra prometida, Canaã. Nesse tempo, a vida das pessoas comuns seguia um modelo que mudou pouco ao logo dos anos. 

 

Os homens campesinos ou trabalhavam nos campos ou uma habilidade na aldeia enquanto as mulheres e crianças guardavam a casa. Cultivar e pastorear eram ambas ocupações importantes. Havia alguma pesca e todos os tipos de habilidades inclusive a carpintaria, alfaiataria e trabalho de couro.

 

A água era uma escassa provisão, posto que a terra era quente e seca a maioria do ano. A água era tirada de um poço por meio de um balde e colocado em odre feito de pele de cabra. Este era um lugar importante de socialização para as mulheres.

As pessoas vestiam túnicas soltas por causa do calor. O material da túnica se decidia pela riqueza. Aos mais ricos permitia-se o luxo de obter vestes brilhantemente tingidas. Freqüentemente, a roupa indicava a profissão de um homem. Por exemplo, os sacerdotes usavam roupas especiais e o rabino (o líder religioso de Israel) usava uma túnica com orlas azuis. Os sapatos eram feitos com sola de couro de vaca com correias que se atavam ao tornozelo.

 

Os matrimônios eram estabelecidos pelos pais e havia pouca mistura social entre os jovens. Porque a noiva era um bem útil, ela tinha que ser paga com um preço de noiva. A vida domestica estava centrada na casa.

 

Nos tempos do Antigo Testamento não havia nenhuma escola para as crianças dos homens comuns. Eles eram ensinados em habilidades por seus pais. No tempo de Jesus, a educação de uma menina era completamente responsabilidade de sua mãe. Os meninos iam a uma escola na sinagoga com seis anos de idade. O Antigo Testamento era o livro texto em que eles aprendiam história, geografia, literatura e a lei. Os estudantes excepcionais eram enviados à Jerusalém para aprender dos Rabinos. Cada rapaz também tinha que aprender um comercio. Quando o menino tinha 13 anos, ele se tornava “Bar Mitzvah”que significa “filho da lei”. Isto significava que de agora em diante ele seria considerado um homem.

 

A morte entre as pessoas de Israel requeria cerimônias detalhadas de lamentações. As vezes se contratavam lamentadores profissionais. No temo do Novo Testamento se ungiam os corpos e envolviam em roupas especiais de sepultamento. Enterravam-se as pessoas pobres em tumbas ou covas comuns, porém, as tumbas das pessoas ricas eram escavadas nas rochas e seladas com uma grande rocha redonda.

 

Não havia nenhuma divisão entre a lei civil e a religiosa em Israel. A porta da cidade ou o povo era o lugar onde se julgava os problemas formalmente. A corte mais alta nos tempos do Novo Testamento era o Sinédrio que era constituído de 70 homens que se encontravam no templo. As autoridades Romanas, que estavam no controle de Israel durante o tempo do Novo Testamento permitiam aos israelitas passarem qualquer sentença sob sua lei exceto a pena de morte. 

 

A vida religiosa de Israel estava centrada primeiramente no tabernáculo e depois no templo em Jerusalém. As regelações religiosas do Antigo Testamento eram administradas pelos sacerdotes e os levitas. O dia religioso mais importante do ano era o dia da Expiação. Neste dia o Sumo Sacerdote entrava no lugar Santíssimo do templo para a expiação pelos seus próprios pecados e pelos pecados do povo.

 

Outras festas incluíam a Páscoa que era uma maneira de recordar a saída de Israel do Egito. A festa de Pentecostes marcava o princípio da colheita e a festa dos Tabernáculos era a festa da colheita. A festa de Purim recordava a libertação de Israel nos tempos de Éster e a festa das Trombetas marca o inicio do ano novo.

 

Entre o final do Antigo Testamento e o princípio do Novo Testamento, o culto regular mudava do templo principal para sinagoga local. Esta prática começou nos dias quando Israel estava no cativeiro e ali não havia nenhum templo como em Jerusalém. Somente os homens tomavam uma parte ativa no culto da sinagoga. As mulheres e crianças se sentavam em uma seção diferente. O modelo do culto incluía a declaração de um credo, orações e leitura da lei e os profetas. Isto era seguido por um sermão e um período quando os homens podiam questionar ao ministro.

 

As Escrituras do Antigo Testamento foram escritas em pergaminhos sagrados que só os doutores da lei podiam abrir. Sempre que eram possíveis, visitas eram feitas ao templo em Jerusalém que tinha sido construído.l O templo era similar ao templo original de Salomão porém, em uma medida maior.

 

A história da Bíblia está estabelecida sobre este fundo da família tradicional e a vida rural que não mudou durante séculos. Também está estabelecida sobre o transfundo dos impérios agressivos ao redor de Israel e da influência do Império Romano. Roma havia se estendido para controlar o povo de Israel durante o tempo de Jesus. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PROVA PESSOAL

 

1. Escreva o Versículo Chave de memória.

________________________________________________________________________________________________________________________________

 

2. Emparelhando para cada período na Lista. Em um encontre a descrição que melhor se ajusta com a Lista Dois e escreva a letra no espaço em branco diante do período que ela descreve.

 

Lista Um: Os Períodos

Lista Dois

_____ Da Criação a Abraão

a. Atos e as Epístolas contam esta história.

_____ Abraão a Moisés

b. Mateus, Marcos, Lucas e João contam esta história.

_____ O Êxodo

c. A libertação de Israel do Egito

_____ A Conquista

d. Israel conquistou a Terra Prometida durante este período

_____ Os Juízes

e. Este foi um período de grande pecado durante o qual Deus levantou juízes para libertar Israel.

_____ O Reino

f. Israel foi dividido em dois reinos neste período.

_____ Dois Reinos

g. Um período durante o qual Saul, Davi e Salomão reinaram como reis.

_____ Judá So

h. Israel y Judá estavam no cativeiro durante este período.

_____ O Cativeiro

i. Jerusalém e o templo foram construídos neste período.

_____ A Restauração

j. Judá era o único reino.

_____ A Vida de Cristo

k. As histórias de Noé, Caim, Abel e Torre de Babel se passaram neste período.

_____ Disseminação do Evangelho

l. Abraão, Isaque, Jacó e José foram os homens importantes durante este período.

 

 

3.    A História ou a cronologia nos conta.________________________________

 

4. O que é a Arqueologia Bíblia?

________________________________________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________

 

 

PARA ESTUDO ADICIONAL

 

1. Se você está especialmente interessado na cronologia da Bíblia, obtenha New Chronological Bible (Nova Bíblia Cronológica) publicada por World Bible Pubhishers. A Bíblia Cronológica é uma versão King James da Bíblia que está organizada com base na cronologia. Isto significa que no lugar de ser organizada pelos livros. (Gênesis até Apocalipse), ela apresenta os capítulos e versículos na ordem cronológica que os eventos passaram no passado ou ocorrerão no futuro.

 

O volume de Gênesis até Apocalipse é organizado na Bíblia Cronológica sob doze seções maiores:

n  O desenvolvimento do Mundo Primitivo

n  O desenvolvimento de Israel como uma Tribo

n  O desenvolvimento de Israel Como Uma Nação

n  O desenvolvimento de Israel Como Um Reino

n  A Divisão de Israel nos Dois Reinos

n  A sobrevivência de Israel no Reino do Sul

n  O Cativeiro de Israel na Babilônia

n  A Restauração de Israel como uma Nação.

n  A preservação de Israel durante o período entre os testamentos (este é o período de tempo entre a Escritura do Antigo e Novo Testamento

n  A inauguração do Reino de Deus na Terra

n  A continuação do Reino de Deus na Terra

n  A consumação do Reino de Deus na Terra

 

A Narrated Biblie (Biblia Narrada) publicada por Harvest House Publishers, Eugene, Oregon, também é uma ferramenta boa para o estudo cronológico da Bíblia. Este livro não dá o texto da Bíblia real, porém, proporciona as referências da Bíblia na ordem cronológica e uma narrativa breve (comentário em cada referência. 

 

2. Se você está interessado na arqueologia Bíblica, os seguintes livros são sugerido:

 

Beginnings In Biblical Archaeology (Princípios Na Arqueologia Bíblica) por Howard Vos, publicado por Moody Press, Chicago, Illinois, EE.UU.

 

Archaeology In Bible Lands (A Arqueologia nas Terras Bíblicas) por Howard Vos, publicado por Moody Press, Chicago, Illinois, EE.UU.

 

ota do Tradutor: Como mencionado anteriormente, muitos dos livros descritos neste capítulos estão disponíveis para os leitores somente na língua portuguesa. Porém, você pode procurar livros similares em português em seu próprio país.

 

Capítulo Oito

 

TRAÇAR, MARCAR E FAZER GRÁFICOS

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir este capítulo você será capaz de:

 

n  Escrever o  Versículo Chave de memória.

n  Usar um método de marcar a Bíblia.

n  Criar um esboço.

n  Criar um gráfico para resumir.

 

VERSÍCULO CHAVE:

 

“Justos são os teus testemunhos para sempre; dá-me entendimento, para que eu viva” (Salmos 119:144).

 

INTRODUÇÃO

 

O desenvolvimento de três habilidades básicas melhorará qualquer método do estudo da Bíblia. Estas habilidades são marcar, esboçar e fazer gráficos. Elas são o assunto deste capítulos.

 

MARCAR

 

Marcar é um método de dar ênfase às passagens importantes da Bíblia. Fazer marcações torna fácil para você localizar os versículos dos assuntos específicos. Para marcar sua Bíblia, você sublinha os versículos selecionados. Se você tem lápis de cores diferentes, você pode usar um código de cores para sublinhar. Se você não tem lápis de cores, você pode usar símbolos na margem para os versículos importantes.

 

Use as seguintes cores ou códigos:

 

Roxo: Para versículos relacionados à salvação. Roxo representa o sangue de Jesus. Você também poderia usar o símbolo de uma cruz para os versículos sobre a salvação.

 

Verde: Este é a cor de coisas que crescem. Use esta cor para sublinhar os versículos sobre o crescimento espiritual. Você também poderia usar uma flor para representar o crescimento.

 

Azul: Esta é a cor dos céus. Use esta cor para marcar versículos que se relacionam à segunda vinda de Jesus Cristo, a Nova Jerusalém e o Céu. Se você está usando símbolos, use uma coroa para marcar os versículos na margem de sua Bíblia. A coroa representa o Reino dos Céus.

 

Castanho ou Marrom: Um campo de trigo pronto para segar a é castanho na cor. Jesus usou o exemplo da colheita ao falar de evangelização. Use a cor castanha para marcar versículos relacionados à evangelização. Você também pdoeria usar o símbolo (#) que é um símbolo que simboliza a palavra número. Use-o para recordar do grande número de pessoas que ainda tem que ouvir a mensagem do Evangelho.

 

Você pode selecionar cores adicionais para marcar os versículos em outros assuntos importantes. Púrpura, rosa, amarelo, negro, etc.

 

Você também pode usar os símbolos adicionais e pode determinar-lhes os significados: %, ^, &, *, +, {, [, etc.

 

ESBOÇAR

 

Um esboço é um método de organizar as notas do estudo. Ponha a informação em forma de resumo para usar no futuro ministério e estudo. Um esboço está centrado em uma tema selecionado. Este tema se torna o título do esboço que normalmente reflete o assunto do estudo. 

 

Depois de identificar o assunto do estudo, o próximo passo é identificar os pontos principais que dizem algo sobre o assunto. Depois faça sub pontos. O prefixo “sub” significa que eles vem debaixo ou dizem algo sobre o ponto principal.

 

Há muitas maneiras de esboçar. Nós temos selecionado um que usa os números especiais chamados dos números romanos para os pontos principais. Se você não está familiarizado com os números romanos, uma lista é provida na seção. “Para Estudo Adicional” deste capítulos.

 

Os sub-pontos no esboço são mostrados com letras maiúsculas do alfabeto. Se há pontos adicionais sob estes, eles se mostram com os números regulares. Estude o exemplo seguinte que resume como fazer um esboço.

 

PONHA O TÍTULO AQUI

 

I. Este número romano para "1" usado para o primeiro ponto principal.

 

A.   Está na letra maiúscula usada para um sub-ponto que se relaciona ao ponto principal.

1.  Se havia outro ponto que se relaciona a isto, ele se marcaria com o número 1.

2.  Talvez haja outros pontos que se relacionam ao sub-ponto. A. Nesse caso, continue colocando-os em ordem numérica.

 

B. O ponto principal I pode ter vários sub pontos. Nesse caso, continue escrevendo através do alfabeto usando as letras maiúsculas em ordem. Cada um destes sub pontos devem relacionar-se ao ponto principal.

 

II. Para apresentar outro ponto principal use o próximo número romano.

 

A.   Sub-pontos seguem o mesmo modelo sob cada ponto principal. 

 

Como um exemplo, nós temos preparado um esboço breve de Romanos 12:1-2. Primeiro leia os versículos:

 

“Rogo-vos pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12:1-2).

 

O esboço desta passagem segue abaixo:

 

PASSOS PARA DESCOBRIR A VONTDADE DE DEUS

 

I. Apresente seu corpo em sacrifício vivo:

 

            A. Santo.

            B. Aceitável para Deus.

 

II. Não se conforme com este mundo:

 

            A. Transforme-se.

                        1. Nós nos transformamos renovando nossas mentes.

            

III. Estes passos nos ajudarão a experimentar (descobrir) a vontade de Deus.que é:

 

            A. Boa.

            B. Aceitável.

            C. Perfeita.

 

 

Você pode ver como este esboço resume claramente os passos à vontade de Deus cedidos em Romanos 12:1-2.

 

FAZER GRÁFICOS

 

Outro método é  organizar os materiais do estudo é através de gráficos. Você terá vários gráficos e tabelas para completar durante este curso para ajuda-los a desenvolver esta habilidade. Fazer gráficos é importante porque o ajuda a visualizar o que você tem estudado. Fazer gráficos resume na forma de um breve formulário o que você aprendeu e o ajuda a recorda-lo.

 

Há duas maneiras básica de traçar um gráfico:

 

O GRÁFICO HORIZONTAL:

 

Traçar seu mapa ao longo de uma folha de papel. Trace uma linha pela página e faca tantas divisões quantas forem necessárias para o seu estudo particular. O gráfico horizontal é bom para usar no estudo de livros. Você pode encontrar um exemplo dele no Capítulo onze.

 

O GRÁFICO VERTICAL:

 

Este tipo de gráfico é verticalmente traçado em uma folha de papel. Um retângulo grande é traçado e as divisões são feitas dentro dele. Os gráficos verticais são melhores para porções mais curtas ou para os estudos do capítulos.

 

Aqui está um exemplo de um gráfico vertical em Tiago 1:26-27.

 

Primeiro leia a passagem:

 

“Se alguém cuida ser religioso e não refreia a sua língua, mas engana o seu coração, a sua religião é vã. A religião pura e imaculada diante de nosso Deus e Pai é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e guardar-se isento da corrupção do mundo” (Tiago 1:26-27).

 

Agora o gráfico:

 

AS PROVAS DA RELIGIÃO

Descrição Pessoal

Prova

Resultado

Religião

Parece ser religioso

Refrear sua língua

Engana a seu coração

É vã

Guardar-se sem mancha do mundo

Visitar os órfãos e as viúvas em sua aflição

Imaculado diante de Deus

Pura e Incontaminada

 

 

 

PROVA PESSOAL

 

1. Escriba o Versículo Chave de memória

________________________________________________________________________________________________________________________________

 

2. O que está equivocado com a estrutura do seguinte esboço?

________________________________________________________________

 

O TÍTULO

 

I. Este é o primeiro ponto principal.

 

            A. Este é um sub ponto que se relaciona ao ponto principal.

 

            B. Este é o segundo ponto principal.

 

 

3. Quais são as duas maneira principais de traçar gráficos?

________________________________________________________________________________________________________________________________

 

4. Que significa "marcar" relacionado ao estudo da Bíblia?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PARA ESTUDO ADICIONAL

 

1. Estude Tiago 3:2-6 na sua Bíblia. Complete o esboço abaixo:

 

A LINGUA HUMANA

 

I. Se nos não ofendemos em palavras nós somos: (veja versículo 2)

 

            A.

            B.

 

II. Exemplos do poder de coisas pequenas:

 

            A. O freio na boca de um cavalo se usa para dois propósitos: (versículo 3)

                        1.

                        2.

 

            B. O timão de um barco: (versículo 4)

 

                        1.

 

            C. Um fogo pequeno: (versículo 5)

 

                        1.

 

III. A língua também é pequena porém, ela: (versículos 5-6)

 

            A. Se gaba de grandes coisas.

            B. É um mundo de iniqüidade.

            C.

            D.

            E.

 

2. Agora complete o gráfico seguinte que cobre uma porção de Tiago 3:2-6:

A LINGUA: UMA COMPARAÇÃO

 

Exemplo                                                      Resultado

 

O freio na boca do cavalo                         Dirige seu corpo inteiro

 

O timão no barco

 

Um fogo pequeno

 

A língua humana

 

3. A seguinte tabela de números romanos é para seu uso ao criar os esboços seguindo o modelo cedido neste capítulo:

 

1          I

30       XXX

2          II

40       XL

3          III

50       L

4          IV

60       LX

5          V

70       LXX

6          VI       

80       LXXX

7          VII

90       XC

8          VIII

100     C

9          IX

 

10       X

 

11       XI

 

12       XII

 

13       XIII

 

14       XIV

 

15       XV

 

16       XVI

 

17       XVII

 

18       XVIII

 

19       XIX

 

20       XX

 

                                    

 


Capítulo Nove

 

ESTUDANDO A BÍBLIA PELA BÍBLIA

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir este capítulo você será capaz de:

 

n  Escrever o Versículo Chave de memória.

n  Identificar os símbolos da palavra de Deus usados na Bíblia.

n  Estuda a palavra de Deus usando a Bíblia.

n  Identificar a fonte da Palavra.

n  Distinguir entre o leite e carne da Palavra.

 

VERSÍCULO LLAVE:

 

“Desvenda os meus olhos, para que eu veja as maravilhas da tua lei” (Salmos 119:18).

 

INTRODUÇÃO

 

Uma das maneiras boas de começar o estudo da Bíblia é aprender o que a Bíblia diz a si mesmo. Este é o assunto deste capítulo. Nesta lição você aprenderá sofre os símbolos da Palavra de Deus e fatos específicos sobre a Palavra de Deus revelada na própria Bíblia. 

   

Em muitos cursos do Instituto nós colocamos os textos das referências bíblicas dentro do contexto da lição. Isto se faz para ganhar tempo. Porém, nós não temos escrito os versículos dentro desta lição por uma razão especial. Um dos propósitos desta lição é familiariza-lo com o uso da sua Bíblia, por isso nos temos listado só as referências. Enquanto você estudar a lição, busque cada referência em sua Bíblia.

 

Se você não está familiarizado com a situação dos livros, veja no início de sua Bíblia. A maioria das Bíblia tem um "Índice" ou “Tabela de Conteúdo” que lista o número da página onde o livro começa. Quando você encontra o número da página listado para um livro, você estará no capítulo um desse livro. Então busque o capítulos e número correto do versículo:

 

Salmos 119: 89

 

 

O Nome do Livro... Número do Capítulos... Número do Versículo

 

A FONTE DA PALAVRA

 

A fonte da Bíblia é o próprio Deus. Leia Salmos 68:11. Isto confirma que Deus é a fonte da Palavra. I Tessalonicenses 2:13 explica-nos que a Bíblia é a Palavra de Deus e que sua fonte não é nenhum homem. Quando Jesus falou durante Seu ministério terreno, Ele deixou claro que a fonte de Suas palavras era Deus. Veja João 14.10 e 24; 17.8 e 14; e 3:34.

 

A HISTÓRIA DA PALAVRA

 

A Bíblia revela muito sobre sua própria história, respondendo perguntas tais como Quanto tempo a Palavra tem existe?" e "Quem registrou as palavras de Deus, primeiramente? Leia Hebreus 11:3. Este versículo revela que o mundo em que nós vivemos foi formado (criado) pela Palavra de Deus. Leia ao capítulo 1 de Gênesis na sua Bíblia que conta a história da criação e você descobrirá que isto é verdade. Deus literalmente falou e o mundo veio à existência. Você pode ler mais sobre isto em II Pedro 3:5-7. Hebreus 1:3 diz que Ele continua sustentando o mundo e todas as coisas pela Palavra do Seu poder. Salmos 33:6 nos diz: os céus foram feito pela Palavra de Deus.

 

Deus é eterno. Ele não tem nenhum princípio e fim. Desde que Deus é inseparável de Sua Palavra (Ele é a Palavra), então a Palavra não tem nenhum princípio e nenhum fim. Assim, como Deus, Sua Palavra sempre existiu. Leia Êxodo 20:1-17 em sua Bíblia. Este é o primeiro registro de Deus inspirando a um homem (Moises) para registrar Suas Palavras.

 

Leia o capítulo q de João em sua Bíblia. Note os versículos de 1-5 e 14 detalhadamente. Esta passagem ser refere a Jesus como a Palavra. Revela que a Palavra (Jesus) estava com Céus e era no princípio Deus. Confirma como Deus e Sua Palavra criaram o mundo.

 

Jesus sempre existiu com o Pai, porém no versículo 14 diz como a Palavra (Jesus) se tornou carne e veio viver na terra na forma humana. Os versículos 11 – 12 registram como Ele foi rejeitado pelo Seu próprio povo, porém, também como aqueles que o recebem podem tornar-se filhos de Deus.

 

LIVROS, PERGAMINHOS, E PEDRAS

 

A Palavra de Deus foi escrita em muitas formas ao longo dos anos. Foi escrita em pedras por Moises (Êxodo 20.1-17) e em grandes pedras quando Israel entrou na Terra Prometida (Deuteronômio 27.1-8)

 

A Palavra de Deus foi escrita em um livro (Deuteronômio 31:24-26) e nos pergaminhos (Jeremias 36:2). Um pergaminho é um longo pedaço de papel com bobinas de madeiras (cilindros) em cada estremo. Quando você o escreve em pergaminhos, você inicia em um extremo e vai desenrolando o papel segundo você avança. 

 

Deus, inclusive inspirou canções na Sua Palavra. Veja Deuteronômio 31:19-22.  Davi escreveu a Palavra de Deus em forma pó[ética que freqüentemente se cantava. O livro de Salmos é o livro de hinos de adoração da Bíblia.

 

A INSPIRACAO DA BÍBLIA

 

Uma das coisas mais importantes que a Bíblia revela sobre si mesma é que elea é um livro inspirado por Deus. Através da inspiração do Espírito Santo, Deus falou aos santos varões para escrever Sua mensagem.

 

Busque II Timóteo 3.16-17 em sua Bíblia. Estes versículos confirmam que a Palavra de Deus foi inspirada. Eles também revelam que ela é proveitosa em quatro áreas maiores da vida cristã:

 

n  para a doutrina

n  para a repreensão 

n  para a correção

n  para a instrução na justiça

 

Estes versículos são os objetivos principais da Palavra de Deus. Estes fazem com que o homem de Deus seja perfeito (maduro) e completamente capacitado (equipado) para toda boa obra.

 

A PALAVRA ETERNA

 

No mundo natural muitos livros são somente válidos por um período curto de tempo. Por exemplo, um livro sobre os procedimentos médicos pode ser válido durante uns anos. Quando se desenvolveu medicinas ou métodos novos, os maiores tratamentos, o livro não é mais aplicável.

 

A Palavra de Deus é eterna e é aplicável para todo o tempo. Era pertinente no passado, é pertinente no presente e será pertinente no futuro. (Veja Salmos 119:89).

 

Leia I Pedro 1:23. Este versículo não só revela que a Palavra de Deus permanece para sempre, porem que ela também vive para sempre. Deus é e sempre tem sido Nós servimos um Deus vivo. Deus é inseparável de Sua Palavra. Porque Deus vive, Sua Palavra vive e é pertinente durante todo o tempo.

 

Leia Isaias 40.8. Este versículo confirma que a Palavra de Deus permanece (existe) para sempre. Não perecerá como as coisas que você vê ao redor de você no mundo natural.

DUAS DIVISONES BÁSICAS

 

A Bíblia fala de duas divisões básicas da Palavra de Deus. Há o leite da Palavra e a carne da Palavra. O leite da Palavra é a verdade básica facilmente entendida. A carne da Palavra são os ensinos mais profundo da Palavra de Deus que traz maturidade espiritual. Você pode ler Hebreus 5.13-14 e 1 Pedro 2.2.

 

OS PROPÓSITOS DA PALAVRA

 

Deus deu Sua Palavra para alcançar propósitos específicos. Um propósito é uma meta ou objetivo. Segundo a Bíblia, alguns destes propósitos são como segue: 

 

n  A Palavra produz a fé no Evangelho: Atos 4.4

n  Limpa: João 15.3; Efésios 5:26

n  Se você ouve e crê, ela traz a vida eterna: João 5.24

n  É a base para o juízo eterno. João 2.48

n  Os espíritos imundos são expulsos pela Palavra. Mateus 8.16; Lucas 4.36

n  Os sinais milagrosos seguem a pregação da Palavra convencendo da verdade do Evangelho: Marcos 16.20

n  Da convicção da salvação: 1 João 1.2-6

n  Você nasce de novo pela Palavra: 1 Pedro 1.23; Salmos 119.41

n  A Palavra leva o registro da verdade do Evangelho: 1 João  5.7

n  Você se santifica pela Palavra: 1 Timóteo 4.5

n  Há esperança na Sua Palavra: Salmos 130.5; 119.49, 81

n  Há cura na Sua Palavra: Salmos 107.20

n  Nos mantém afastado do caminho do destruidor: Salmos 17.4

n  É Espírito de vida: João 6.63

n  Traz a alegria e o regozijo: Jeremias 15.16

n  A fé é aumentada pela Palavra: Romanos 10.17

n  Traz o consolo: 1 Tessalonicenses 4.18: Salmos 119.50, 52,

n  Traz a nutrição espiritual: 1 Timóteo 4.6

n  Traz a oração respondida: João 15:7

n  É a chave para o êxito: Josué 1.8

n  Se você ouve e guarda, você é abençoado: Lucas 11.28

n  É proveitosa para o crescimento espiritual: 2 Timóteo 3:16-17

n  Traz as bênçãos quando se guarda e maldições quando não se guarda: Deuteronômio 28

n  É uma arma para o tempo da tentação: Mateus 4

n  Converte a alma: Salmos 19.7

n  Faz sábio aos simples: Salmos 19:7

n  Ilumina: Salmos 19.8

n  Adverte: Salmos 19.11

n  Guardar a Palavra, traz grande recompensa: Salmos 19.11

n  Permite o acesso ao Céu: Apocalipse 22.14

n  Traz a benção de caminhar na retidão: Salmos 119.1-3

n  Torna mais sábio que seus inimigos, mestres e os anciãos: Salmos 119.98-104

n  Vivifica: Salmos 119.25

n  Fortalece: Salmos 119.28

n  É a base da misericórdia de Deus feita a você: Salmos 119.58

n  Traz o deleite: Salmos 119.92

n  Dá compreensão simples: Salmos 119.130, 169; 104

n  Traz a libertação: Salmos 119.170

 

A PALAVRA NÃO É NULA

 

Como nós temos visto, há muitos propósitos para a Palavra de Deus. A Bíblia ensina que a Palavra alcançará os propósito para qual ela existe. Leia Isaias 55:11. Aqui Deus diz que Sua Palavra não voltará vazia, pelo que Deus não faz promessas vazias. O que Ele disse se cumprirá. Cada palavra da Bíblia foi escrita para um propósito e esse propósito se alcançará.

 

OS SÍMBOLOS DA PALAVRA

 

A Bíblia usa muitos símbolos diferentes para descrever a Palavra de Deus. Um símbolo é algo que representa algo mais. Por exemplo, cada estrela na bandeira dos Estados Unidos da América representa um dos 50 estados que constituem essa nação. A estrela é um símbolo de estado. O que segue são os símbolos usados na Bíblia para descrever a Palavra de Deus. Busque cada versículo e leia-o em sua Bíblia:

 

Espelho: Tiago 1.23-27

 

Quando você vê um espelho no mundo natural, ele reflete sua imagem física. Quando você vê na Palavra de Deus, assim como um espelho, a Bíblia reflete sua verdadeira condição espiritual. 

 

Lavatório: Efésios 5.26-27

 

Um lavatório é um termo bíblico para uma bacia que mantém a água usada para limpar. A água da Palavra de Deus o limpa espiritualmente.

 

Lâmpada: Salmos 119.105

 

Luz: Salmos 119.105,130; Provérbios 6.23

 

Tanto a lâmpada como a luz dão direção. Elas permitem que se veja na obscuridade. A Palavra de Deus proporciona um guia espiritual e o ajuda a encontrar seu caminho na obscuridade do pecado.

Chuva: Isaías 55.10-11

 

Água: Efésios 5.26

 

Tanto a chuva como a água são refrescantes. A Palavra de deus se compara com a chuva e com a água porque refresca espiritualmente.

 

Comida: Jeremias 15.16; 1 Pedro 2.1-2; 1 Coríntios 3.1-2; Hebreus 5.12-14

 

Dieta: Hebreus 5.12

 

A Bíblia se compara à comida que aplaca a fome natural porque ela aplaca a fome espiritual. Assim como a comida permite o crescimento natural, a Bíblia permite o crescimento espiritual. Algumas partes da Bíblia se chamam “” o leite da Palavra” porque elas se entendem facilmente. Outras porções chamam de “a carne da Palavra” porque as passagens são mais difíceis de entender. Deus quer que você progride do leite à carne da Sua Palavras.  Aprender a estudar a Bíblia o ajudará a alcançar éster objetivo.

 

Fogo: Jeremias 23.29; 20.9

 

No mundo natural um fogo se usa para refinar os metais precioso. O fogo queima as impurezas. A Palavra de Deus atua como um fogo em sua vida espiritual para queimar os pensamentos impuros, palavras e atos.

 

Martelo: Jeremias 23.29

 

Um martelo pode romper a pedra em pedaços. A Palavra de Deus pode tomar os corações endurecidos pelo pecado, pode rompe-los e pode faze-los flexível nas mãos de Deus.  

 

Escapelo: Hebreus 4.12

 

Um escapelo é um bisturi afiado usado pelos médicos na cirurgia para curar a enfermidade. A Palavra de Deus realiza a cirurgia espiritual. Corrige a enfermidade espiritual. Arranca a falta de crescimento espiritual e infecções da sua vida.

 

Espada: Efésios 6.17

 

Uma espada no mundo natural é uma arma. A Palavra de deus é sua espada espiritual. É uma arma para usar contra o seu inimigo espiritual, Satanás. 

 

Medicina:  Salmos 119.25

 

Assim como a medicina no mundo natural que cura a enfermidade física, a Palavra de Deus trabalha como uma medicina para curar a enfermidade espiritual.

 

 

Semente: Mateus 13.1-23; Marcos 4.1-20; Lucas 8.4-15; 1 Pedro 1.23; Tiago 1.18

 

A Palavra de Deus é como a semente. Quando se planta em seu coração – se encontra a terra receptiva – crescerá e produzirá a fruta espiritual em sua vida.

 

Mel: Salmo 19.10

 

O mel é uma substância mui doce no mundo natural. A Palavra de deus se compara al mel porque é espiritualmente doce. Estudar a Palavra de deus traz a doçura espiritual em sua vida.

 

Ouro: Salmos 19.9-10

 

No mundo natural, ouro é um dos matais mais precioso. A Bíblia se compara ao ouro devido a seu valor espiritual.

 

 

A DESCRIÇÃO DA PALAVRA

 

Ademais destes símbolos, a Bíblia proporciona outras descrições da Palavra de Deus. É: 

 

n  O Espírito de Vida: Juan 6.63

n  As Palavras de vida eterna: João 6.68

n  Preciosa: 1 Samuel 3.1

n  Pura: Provérbios 30.5; Salmos 12.6; 19.7; 119.140

n  Verdade e sobriedade: Atos 26.25

n  A verdade: João 17.17; Colossenses 1.5; Salmos 119.142

n  Verdadeira desde o princípio: Salmos 119.160

n  Provada: Salmos 18.3

n  Justa: Salmos 33.4; 19.8; 119.75

n  A Palavra de vida: 1 João 1.1; Filipenses 2.6

n  A Palavra de salvação: Atos 13.26

n  A Palavra de fé: Romanos 10.8

n  Perfeita: Salmos 19i7

n  Conselheira: Salmos 119.24

n  Fiel: Salmos 119.86

n  Firme: Salmos 119.89

n  A Herança: Salmos 119.111

n  A palavra de justiça: Salmos 119.123

n  Justa e mui fiel: Salmos 119.138

n  Reta: Salmos 119.137

n  Deleitosa: Salmos 119.143

 

 

RESPONDENDO A PALAVRA

 

Não é bastante ouvir, ler ou estudar a Palavra de Deus. A Bíblia ensina que você deve responder a Palavra de Deus. Você deve fazer com respeito à Palavra:

 

n  Permitir que ela caia na terra boa de seu coração: Marcos 4, Lucas 8, Mateus 13

n  Escuta-la e cumpri-la para ser sábio: João 12.47

n  Guardar a Palavra: Juan 14.23

n  Crer em Jesus para que a Palavra de Deus habite em você: João 5.38

n  Continuar na Sua Palavra: João 8:31

n  Não só viver da comida física, porém também da Palavra; Mateus 4.4; Lucas 4.4; Deuteronômio 8.3

n  Proclamar Sua Palavra: Salmos 56.4, 10,

n  Dar graças por ela: Salmos 119.62

n  Magnificar Sua Palavra, inclusive sobre Seu nome: Salmos 138.2

n  Inculcar Sua Palavra em sue coração: Tiago 1.21

n  Seja um cumpridor da Palavra e não só um ouvinte: Tiago 1.22-23

n  Pedir o perdão pelo pecado para que Sua Palavra possa habitar em você : 1 João 1.10

n  Desejar o leite de Sua Palavra: 1 Pedro 2.2

n  Permitir que a Palavra de Deus more ricamente em você: Colossenses 3.16

n  Trazer bem a Palavra de Deus: 2 Timóteo 2:5

n  Examinar as Escrituras: João 5.39; Atos 17.11

n  Declarar Sua Palavra: Salmos 119.26-27

n  Escolher a Sua Palavra: Salmos 119.30

n  Apegar-se a Sua Palavra: Salmos 119.31

n  Correr pelo caminho de Sua Palavra: Salmos 119.32

n  Guarda-la: Salmos 119.33

n  Observa-la: Salmos 119.34

n  Deleitar-se nela: Salmos 119.35; 70; 77; 143; 174

n  Inclinar seu coração para ela: Salmos 119.36

n  Desejar que ela seja estabelecida em sua vida: Salmos 119.38

n  Anela-la: Salmos 119.40

n  Usa-la para responder a outros: Salmos 119.42

n  Esperar nela: Salmos 119.43, 47,

n  Guarda-la para sempre: Salmos 119.44

n  Buscar Seus mandamentos: Salmos 119.45

n  Falar dela diante dos líderes: Salmos 119.46

n  Meditar nela: Salmos 119.48; 78; 148

n  Recorda-la: Salmos 119.52

n  Caminhar segundo seus ensinos: Salmos 119.59

n  Não  retardar para guardar Sua Palavra: Salmos 119.60

n  Não esquecer dela: Salmos 119.61, 83, 93, 153, 176,

n  Escolher companheiros que também temem a Palavra e a guardam: Salmos 119.63

n  Crer nela: Salmos 119.66; 128

n  Guardar-la com seu coração inteiro: Salmos 119.69

n  Valoriza-la mais que o ouro ou prata: Salmos 119.72

n  Desejar aprende-la: Salmos 119.73

n  Esperar na Palavra: Salmos 119.74; 81

n  Encontrar consolo nela: Salmos 119.76;82

n  Deseja-la para que mude seu coração: Salmos 119.80

n  Não abandona-la: Salmos 119.87

n  Busca-la: Salmos 119.94

n  Considera-la: Salmos 119.95

n  Suspirar pela Palavra de Deus: Salmos 119.131

n  Afirmar seus passos com a Palavra: Salmos 119.133

n  Sentir-se angustiado quando la Palavra de Deus não é honrada: Salmos 119.136; 158

n  Permanecer no temor da Palavra de Deus: Salmos 119.161

n  O amor a ela: Salmos 119.163, 165, 167,

n  Falar Sua Palavra: Salmos 119.172

 

RESPONSABILIDADE A LA PALABRA

 

Alem  de dar a resposta apropriada à Palavra de Deus, você tem uma responsabilidade com a Palavra de Deus. A Igreja Primitiva assumiu esta responsabilidade quando os crentes foram pregando a Palavra de Deus por toda parte (Atos 8.4; 13.49; 12.24). Eles  pediram intrepidez a Deus para falar a Palavra (Atos 4.29 e 31) e a Palavra de Deus aumentou ao longo do mundo devido a seus esforços (Atos 6.7; 19.20).

 

Aqui está o que a Bíblia revela sobre SUA responsabilidade com a Palavra de Deus:

 

n  Você deve pregar Sua Palavra ao longo do mundo: Mateus 16.15; Lucas 24.47; Marcos 16.15.

n  Se você é ensinado na Palavra de Deus, então você tem uma responsabilidade para ensinar outros: Gálatas 6:6.

n  Você deve pregar a Palavra: 2 Timóteo 4:2.

n  Você deve falar Sua Palavra sem medo: Filipenses 1.4.

n  Deus põe Sai Palavra em você para que possa dize-las a outros: Deuteronômio 18.18-19; Isaías 51.16; Jeremias 1.9; 3.12; 5.14; 26.12; Ezequiel 2.6-7.

n  Você não deve falar suas próprias palavras, porém, você deve falar Suas Palavras: Isaías 58.13.

n  Você não deve se envergonhar da Palavra: Marcos 8.38.

n  Você deve ensina-la a seus filhos: Deuteronômio 6.6-9.

 

ADVERTÊNCIAS NA PALAVRA

 

Aqui estão algumas advertências que Deus dá acerca de Sua Palavra:

 

n  A perseguição vem porque a Palavra de Deus é pregada: Marcos 4.7.

n  Algumas pessoas inclusive serão assassinadas devido ao seu testemunho da Palavra: Apocalipse 6.9; 20.4.

n  A Palavra pode ser ineficaz em sua vida devido as tradições de homem: Marcos 7.13.

n  Você pode perverter a Palavra do Senhor: Jeremias 23.36.

n  Você pode adulterar a Palavra do Senhor: 2 Coríntios 2.17.

n  Você pode usar a Palavra falsamente: 2 Coríntios 4.2.

 

A Bíblia diz para não escutar a cada palavra que você ouve: Provérbios 14.15. (Isto significa que um que reclama estar falando a Palavra de Deus realmente não está fazendo assim). Há mestres falsos que não ensinam a verdadeira Palavra de Deus (Judas 1). Você deve apartar-se destas pessoas (1 Timóteo 6.3-5). Os mestres falsos não falam a verdadeira Palavra de Deus. Eles falam suas próprias palavras. Eles também falam:

 

n  Palavras mentirosas:                           Jeremias 29.23

n  Palavras vã:                                           Efésios 5.6

n  Palavras persuasivas:                         Colossenses 2:4

n  Palavras lisonjeiras:                             1 Tessalonicenses 2.5

n  Vã nas palavras:                                   1 Timóteo 6.20

n  Palavras fingidas:                                2 Pedro 2.3

n  Palavras arrogantes:                            2 Pedro 2.18; Judas 16

n  Palavras maliciosas:                            3 João 10

 

Em conclusão, a Bíblia dá uma última advertência com respeito à Palavra em Apocalipse 22.18-19:

 

Eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro: Se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus lhe acrescentará as pragas que estão escritas neste livro;
e se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus lhe tirará a sua parte da árvore da vida, e da cidade santa, que estão descritas neste livro
.(Apocalipse 22:18-19).

 

PROVA PESSOAL

 

1. Escreva o Versículo Chave de memória.

________________________________________________________________

________________________________________________________________

 

2. Liste pelo menos cinco símbolos usados na Bíblia para representar a Palavra de Deus.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

3. Foram listados muitos propósitos da Palavra de Deus neste capítulo. Você pode listar pelo menos três deles?

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

 

4. Por que você não deve crer em cada palavra que você ouvir?

________________________________________________________________

 

5. Que advertência se dá àqueles que adicionam algo à Palavra de Deus?

________________________________________________________________

 

6. Que advertência se dá àqueles que retiram o que está escrito na Palavra de Deus?

________________________________________________________________

 

7. Quem é a fonte da Palavra?________________________________________

 

8. E de quem eram as palavras que Jesus falou? _________________________

 

9. As duas divisões principais do conteúdo da Bíblia são _________ e ________ da Palavra.

 

10. Segundo o registro Bíblico quem foi o primeiro homem a registrar as Palavras de Deus? _________________________________________________

 

 

 

 

 

 

 

PARA ESTUDIO ADICIONAL

 

De todos os capítulos da Bíblia, o Salmo 119 fala muito freqüentemente sobre a Palavra de Deus. Também é o capítulos maior na Bíblia.

 

Há várias palavras diferentes usadas para se referir à Palavra de Deus nestes capítulos. Cada vez que elas são usadas, elas acrescentam o conhecimento da Sua Palavra. Leia o  Salmo 119 e extraia das seguintes palavras cada vez que elas ocorrerem:

 

n  Palavra

n  Palavras

n  Juízo

n  Estatutos

n  PreceItos

n  LeI

n  Mandamentos

n  Caminhos

n  Testemunhos

 

Depois que você extrair cada uso desta palavras no Salmos 119, leia o capítulo mais uma vez e faça um gráfico para resumir seu estudo. Siga o modelo abaixo. Liste o número dos versículos que contem uma ou mais palavras e então resuma o que o versículo ensina sobre a Palavra de Deus.

 

Continue neste padrão:

 

Número do Versículo

Resumo

Versículo 1

Nós somos benditos se caminhamos em Sua lei.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Capítulo Dez

 

O ESTUDO DEVOCIONAL DA BÍBLIA

 

OS OBJETIVOS:

 

Na realização deste capítulo você será capaz de:

 

n  Escrever o Versículo Chave de memória.

n  Listar os passos do método devocional de estudo da Bíblia.

n  Fazer um estudo devocional da Bíblia.

 

VERSÍCULO CHAVE:

 

“Os meus olhos se antecipam às vigílias da noite, para que eu medite na tua palavra” (Salmos 119.148).

 

INTRODUÇÃO

 

O primeiro método de estudo da  Bíblia que você aprenderá se chama o método devocional. Este capítulo define, explica, e apresenta um exemplo de um estudo devocional da Bíblia. A seção "Para Estudo Adicional" proporciona una oportunidade de aplicar o que você tem aprendido fazendo realmente um estudo devocional.

 

O MÉTODO DEFINIDO

 

O método devocional recebe seu nome da palavra "devoção" que significa "dedicação, consagração, adoração e o apego sincero a uma causa ou pessoa." O método devocional de estudo da Bíblia aumenta a dedicação e consagração a Deus.  A adoração leva a uma relação pessoal mais profunda com o Senhor Jesus Cristo. 

 

Este método não só envolve o estudo da Palavra de Deus porem também a aplicação de suas verdades. É contra este método que Satanás levanta sua maior oposição. Satanás simplesmente não se preocupa com o estudo sobre ganhar conhecimento. Ele está sumamente interessado quando o estudo da Bíblia resulta na aplicação que traz mudanças positivas em sua vida espiritual. Não é bastante simplesmente ser “ouvinte da Palavra”. Uma pessoa  que é um ouvinte da Palavra é um que estuda a Palavra de Deus, porém, nunca aplica a Palavra a sua vida:

 

Vês que a fé cooperou com as suas obras, e que pelas obras a fé foi aperfeiçoada; e se cumpriu a escritura que diz: E creu Abraão a Deus, e isso lhe foi imputado como justiça, e foi chamado amigo de Deus. Vedes então que é pelas obras que o homem é justificado, e não somente pela fé. E de igual modo não foi a meretriz Raabe também justificada pelas obras, quando acolheu os espias, e os fez sair por outro caminho?” Vês que a fé cooperou com as suas obras, e que pelas obras a fé foi aperfeiçoada; e se cumpriu a escritura que diz: E creu Abraão a Deus, e isso lhe foi imputado como justiça, e foi chamado amigo de Deus. Vedes então que é pelas obras que o homem é justificado, e não somente pela fé. E de igual modo não foi a meretriz Raabe também justificada pelas obras, quando acolheu os espias, e os fez sair por outro caminho? (Santiago 1.22-25).

 

Você aprenderá muitos métodos de estudo da Bíblia neste curso, porém cada método deve produzir a aplicação. Se você estuda um livro, capítulos, versículo, palavra ou qualquer outro estudo, você sempre deve aplicar o que você aprende em sua vida e ministério.

 

O MÉTODO EXPLICADO

 

Use a forma proporcionada na seção “Para Estudo Adicional” desta lição para fazer seu estudo devocional. Aqui estão os passos para fazer o estudo:

 

PASSO UM: REGISTRE A INFORMAÇÃO DA PASSAGEM BÍBLICO:

 

Registre o nome do livro em que a passagem que você está estudando se encontra. Então registre os números do capítulo e versículo que você tem selecionado para estudar. 

 

PASSO DOIS: IDENTIFIQUE O ASSUNTO:

 

Leia  a porção Bíblica que você tem selecionado para estudar. Selecione um título que resume o assunto e registre-o em seu gráfico.

 

PASSO TRÊS: IDENTIFIQUE O VERSÍCULO CHAVE:

 

Que versículo proporciona o melhor resumo da porção da Escritura que você está estudando? Escreve o versículo e referencia em seu gráfico. 

 

PASSO QUATRO: RESUMA:

 

Com suas próprias palavras, resuma o que a porção das Escrituras ensina.

 

1. Esboce os pontos principias cobertos.

 

2. Use um gráfico para resumir a passagem.

 

3. Faça uma declaração sumaria breve.

 

4. Parafraseie a passagem. Parafrasear é quando você toma um versículo e o resume com suas próprias palavras. Siga o texto, porém, coloque-o nas palavras de hoje. (Veja na seção de exemplo neste capítulo).

 

PASSO CINCO: MEDITE:

 

É importante ler e estudar a Bíblia, porém, você também deve aprender a meditar na Palavra de Deus. A Palavra "meditar" quer dizer pensar, permanecer em e ponderar. Depois que você seleciona uma porção da Bíblia para estudar, identifique seu assunto e versículo chave e resuma seus ensinos e depois medite na passagem.

 

Deus disse a Josué que meditar em Sua Palavra era a chave para o êxito:

 

“Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido” (Josué 1:8).

 

Leia lentamente através da passagem. Leia-o alto. Imagine o Senhor falando-lhe pessoalmente com esta passagem. Considere o que ELE lhe disse pessoalmente usando algumas das perguntas sugeridas no Passo Seis desta lição.

 

Uma maneira importante de meditar na Palavra é memoriza-la. Quando você memoriza as porções bíblicas poderá recorda-las quando quiser pensar sobre elas. O versículo chave que você seleciona é uma boa porção para memorizar. Faça algumas cartelas de apontamento como ilustrado abaixo. Escreva o versículo em um lado da cartela. Escreva a referência onde o versículo se encontra no outro lado da cartela:

 

Lado Um:

    

Escondi a tua palavra no meu coração, para não pecar contra ti..

 

 

 

Lado Dois:

    

Salmos 119:11

 

 

 

Leia o versículo diversas vezes em voz alta e então tente repeti-lo sem olhara a cartela. Depois de você dizer o versículo, veja sua cartela para ver se conseguiu dizer corretamente. Veja o lado da referência da cartela e tente dizer o versículo. Veja o lado do versículo da cartela e tente recordar a referência. Guarde sua cartela de memorização da Escritura e continue repassando e meditando no versículo.

 

PASSO SEIS: FAÇA A APLICACAO:

 

Agora você está pronto para aplicar o que você aprendeu durante a meditação. A aplicação acontece quando você aplica pessoalmente a sua vida e ministério as verdades que você tem aprendido. As vezes, você não pode aplicar o que aprende imediatamente, porém, comece a aplicar tudo o que possa. Deus lhe ajudará a aplicar a verdade de Sua Palavra ainda quando isto significa que você deva dar um passo pequeno em um momento no processo de aplicação. 

 

As perguntas seguintes lhe ajudarão a aplicar a Palavra de Deus a sua vida:

 

Um Exemplo para Seguir:

 

Há um exemplo para seguir nesta porção da Escritura?

 

Um Erro para Evitar:

 

Há um erro ou pecado que devo evitar?

 

Um Dever para Realizar:

 

Esta porção da Escritura chama para a ação? Ou diz que se faça algo? Nesse caso, que ação você deve tomar?

 

Una Promessa para Reclamar:

 

Há uma promessa nesta passagem que você deve exigir?

 

Uma Relação para Desenvolver:

 

O que esta passagem ensina sobre sua relação com Deus através de Jesus Cristo? O que ensina sobre Deus o Pai, Jesus Cristo o Filho e o Espírito Santo? O que ensina sobre sua relação com outros em sua família, comunidade, congregação da igreja e o mundo. Ensina sobre sua relação com você mesmo?

 

Mudanças para fazer:

 

Que mudanças você deve fazer em sua vida em vista do que você tem aprendido nesta porção da Escritura? Seja específico.

Uma oração para fazer:

Faca uma oração pessoal com respeito a esta passagem. Peça a Deus que lhe ajude a aplicar as verdades que você aprendeu. A oração personaliza os princípios ensinados na Palavra de Deus. Você pode querer escrever sua oração como o exemplo proporcionado neste capítulos, inclusive.

 

O EXEMPLO DO MÉTODO DEVOCIONAL

 

PASSO UM: REGISTRE A INFORMAÇÃO DA PASSAGEM BÍBLICA:

 

O livro:                       Gálatas

O capítulo:                5

Os versículos:          16-25

 

PASSO DOIS: IDENTIFIQUE O ASSUNTO:

 

O assunto: As  Obras da Carne e do Fruto do Espírito

 

 

PASSO TRÊS: IDENTIFIQUE O VERSÍCULO CHAVE:

 

“Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito” (Gálatas 5.25).

 

PASSO QUATRO: RESUMA:

 

1. O seguinte é um exemplo de um  esboço do resumo:

 

 

AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO

 

I. A carne deseja o que contraria o Espírito e o Espírito o que é contrário a carne. Aqueles que vivem na carne não herdarão o Reino de Deus. As obras da carne incluem:

A.   O adultério

B.   A fornicação

C.   Impureza

D.   Desenfreio

E.   Idolatria

F.    Feitiçaria

G.   Inimizade

H.   Pleitos

I.      Ciúmes

J.    Ira

K.   Contendas

L.    Dissensões

M.   Partidarismo

N.   Inveja

O.   Embriagues

P.   Orgias

Q.   Bruxaria

 

II. O que o Fruto do Espírito Santo de Deus deseja dar-nos contrastar com as obras da carne:

           

A.   Amor

B.   Gozo

C.   Paz

D.   Paciência

E.   Benignidade

F.    Bondade

G.  

H.   Mansidão 

I.      Domínio Próprio

 

III. Nós devemos:

 

A.   Caminhar no Espírito (versículo 16,25)

B.   Ser guiados pelo Espírito (versículo 18)

C.   Viver no Espírito (versículo 25)

 

2. O seguinte é um exemplo de um gráfico que resume:

 

 

AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO

(Gálatas 5:16-25)

Obras da Carne

(Cumprir os Desejos)

 

Adultério

Fornicação

Impureza

Desenfreio

Idolatria

Feitiçaria

Inimizades

Pleitos

Ciúmes

Ira

Contendas

Dissensões

Partidarismo

Inveja

Embriaguez

Orgias

Bruxaria

 

Fruto do Espírito

(Viver no Espírito)

 

Amor

Gozo

Paz

Paciência

Benignidade

Bondade

Mansidão

Domínio próprio

 

 

3. Aqui está um exemplo de uma declaração sumaria:

 

Esta passagem apresenta dois contrastes: As luxurias da carne e o fruto do Espírito Santo. Se nós pertencemos a Jesus, devemos crucificar as luxúrias da carne e viver, caminhar e nos guiar pelo Espírito Santo. As obras da carne são adultério, fornicação, impureza, desenfreio, idolatria, feitiçaria, enfermidades, pleitos, ciúmes, ira, contendas, dissensões, partidarismo, inveja, orgias bruxarias. O fruto do Espírito é amor, gozo, paz, paciência, benignidade bondade, fé, mansidão e domínio próprio.

 

4. Aqui está um exemplo de uma paráfrase de Gálatas 5.24-25:

 

"Aqueles que pertencem a Cristo destroem os desejos, amores e luxúrias da carne. Se nós reclamamos que o Espírito Santo vivem em nós, então devemos atuar como ele!”

 

PASSO CINCO: MEDITE:

 

Versículos para memorizar e meditar: Versículos 16-18 e 25-26. Também memorize a lista do fruto espiritual que Deus quer desenvolver em sua vida. Medite e estude no significado de cada fruto do Espírito Santo. Que significa ser manso, bom, paciente, moderado, etc.?

 

PASSO SEIS: FAÇA A APLICAÇÃO:

 

Um Exemplo para Seguir: Desenvolver o fruto do Espírito Santo em minha vida.

 

Um Erro para Evitar: as Obras da carne.

 

Deveres para Realizar:

 

            Caminhar no Espírito         (versículos 16,25)

            Ser Guiado pelo Espírito   (versículo 18)

            Viver no Espírito                  (versículo 25)

 

Uma Promessa a Reclamar: “Digo, pois: Andai no Espírito e assim jamais

satisfareis os maus desejos da carne” (Versículo 16).

 

Relações para desenvolver: Minhas relações com outros devem demonstrar amor, paciência, benignidade, mansidão. Eu necessito desenvolver alegria, paz, bondade, fé e domínio próprio em cada área de minha vida Eu aprendi que Deus quer minha relação com Ele seja baseada na santidade de minha conduta. Se eu pertenço de verdade a Cristo isto afetará minha relação com outros, comigo mesmo e com Deus.

 

Mudanças para fazer: As três áreas que eu mais necessito transformar:

 

Domínio Próprio

Controlar meu apetite. Desenvolver autocontrole e disciplina

A fé

Crer mais nas promessas de Deus.

O amor

Mostrar amor aqueles ao redor de mim que são difíceis de amar.

 

Uma oração para fazer:

 

Estimado Pai Celestial:

 

Ajuda-me a caminhar em seu Espírito a ser guiado pelo seu Espírito e viver cada momento no seu Espírito. Limpa minha vida das obras da carne. Ajude-me que eu crucifique os desejos mundanos. Desenvolva o belo fruto do Espírito Santo em mim.

 

Em nome de Jesus. Amem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PRUEBA PERSONAL

 

1. Escreva o Versículo Chave de memória.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

2. O que é o método devocional de estudo da Bíblia?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

3. Liste os seis passos do método devocional.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

4. Que significa ser um "fazedor da Palavra" e não só um “ouvinte”? Dê uma referencia da Escritura para apoiar sua resposta.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

5. Por que Satanás luta contra o uso do método devocional de estudo da Bíblia?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PARA ESTUDO ADICIONAL

 

Estude Filipenses 4:4-9 usando o método devocional de estudo da Bíblia. Use o formulário que se encontra na página seguinte para fazer isto e outros estudos devocionais da Bíblia.

 

ESTUDIO DEVOCIONAL DE LA BIBLIA

LIVRO:

CAPÍTULO:

VERSÍCULOS:

ASUNTO:

Versículo Chave:

 

 

Resume:

 

 

 

Meditação:

 

 

 

Aplicação:

 

 

 

Exemplo para seguir:

 

 

Erro para evitar:

 

 

Dever para realizar:

 

 

Promessa a reclamar:

 

 

Relação para desenvolver:

 

 

Mudanças para fazer para fazer:

 

 

Oração para fazer:

 

 

 


Capítulo Onze

 

ESTUDO DE LIVROS

 

 

OBJETIVOS:

 

Ao concluir este capítulo você será capaz de:

 

n  Escrever o Versículo Chave de memória.

n  Explicar como fazer um estudo de um livro da Bíblia.

n  Fazer um estudo de um livro da Bíblia.

n  Criar um gráfico do estudo do livro.

n  Criar um esboço de um livro da Bíblia.

 

VERSÍCULO CHAVE:

 

“Como purificará o jovem o seu caminho? Observando-o de acordo com a tua palavra” (Salmos 119.9).

 

 

INTRODUÇÃO

 

Neste capítulo você aprenderá examinar um livro inteiro da Bíblia. Você também aprenderá a criar um gráfico e um esboço para resumir seu estudo. Um exemplo do método de estudo de livros está incluído e você tem a oportunidade de fazer semelhante estudo na seção "Para Estudo Adicional" deste capítulo. Nos capítulos seguintes você aprenderá estudar os capítulos, parágrafos, versículos e palavras de um livro.

 

O estudo de um livro é um exemplo do estudo "sintético" da Bíblia. Esta palavra quer dizer estudar algo como um todo para ganhar um conhecimento geral de seu conteúdo. Depois, quando nós dividirmos um livro em capítulos, parágrafos, versículos e palavras, nós estaremos fazendo o estudo “analítico” da Bíblia. Analisar algo é separa-lo em suas varias partes e examinar cada uma individualmente. Um estudo analítico é mais detalhado que um estudo sintético.

 

 

A DEFINIÇÃO DO MÉTODO

 

 

O estudo de um livro é importante porque são interpretados os capítulos, parágrafos, versículos e palavras de um livro no contexto apropriado. Um estudo de livro proporciona conhecimento deste contexto.

 

A EXPLICAÇÃO DO MÉTODO

 

Aqui estão três passos para estudar um livro da Bíblia:

 

PASSO UM: ESTUDO INICIAL: